Testamos e escolhemos o melhor antivírus para proteger o seu Android

Nós experimentamos, testamos e comparamos os seguintes aplicativos: Avast! Security & Antivirus; AVG Antivirus Free for Android; CM Security AppLock Antivirus; ESET Mobile Security & Antivirus; Kaspersky Internet Security e 360 Security Antivirus Boost. Vamos ver quem se saiu melhor?!…

Antes de qualquer comparação, é importante esclarecer como esses aplicativos foram examinados. Executamos testes como qualquer usuário comum faria, mas fomos além. Usamos estudos e testes feitos por empresas especializadas, como a Eicar e a EV Tests para validar nossas avaliações. Testamos as soluções com aplicativos específicos para a detecção de pragas e malwares em um Galaxy S7 Edge. Para completar, submetemos os antivírus a contatos com sites maliciosos que estão espalhados pela Web, listados por organizações como a PhishTank. Para uma comparação mais justa, deixamos as configurações originais de cada aplicativo - não alteramos nada. Então, aos testes…

BAIXAR E USAR

O melhor aplicativo neste quesito é aquele que requer o menor número de toques para começar a operar. O antivírus da Kaspersky ficou em último lugar. Foi o único que pediu registro e mais algumas configurações logo de início; demorou para começar a fazer a varredura de ameaças. O 360 Security ficou um patamar acima, mas ainda não agradou muito. Você tem que escolher a tela de antivírus para começar a procurar os malwares. No app da ESET, a busca também não é imediata. Já nas soluções da Avast, AVG e CM Security, logo que você abre o aplicativo pela primeira vez, um scan completo de ameaças e vulnerabilidades é feito no seu aparelho com um único toque. Sendo assim, o mais justo é decretar um empate técnico entre essas três aplicações.

DESEMPENHO

Aqui, a gente avalia o impacto do antivírus no desempenho geral do smartphone e também a performance do próprio app. Neste ponto, podemos dizer que todos os seis são bem equivalentes - mas vale lembrar também que os testes foram feitos em um smartphone top de linha. Nenhum deles alterou a performance do dispositivo ou mexeu muito com o consumo da bateria. Ainda assim, foi possível notar certa diferença de desempenho entre eles. O mais lento e pesado da turma foi o Kaspersky; além disso, cada vez que o app encontra uma ameaça, um som de um grito estridente assusta até os mais tranquilos. Mais do que isso, em smartphones mais simples, o app pode, sim, prejudicar o funcionamento do aparelho. Em outro nível, ESET e 360 Security são relativamente rápidos. Em segundo lugar, com tempos entre 10 e 12 segundos de varredura, Avast e AVG ficam praticamente empatados mais uma vez. Agora, de todos os testados, o mais leve e mais rápido foi o CM Security; o tempo médio de análise de todo o aparelho foi de apenas 6 segundos.

INTERFACE

Design, simplicidade e facilidade de uso. É isso que a gente compara aqui. O antivírus da Kaspersky tem basicamente uma única tela; o principal é o monitoramento do nível de proteção do dispositivo e, logo abaixo, estão as opções extras. O ponto negativo é que, além de a maioria das funções estarem disponíveis apenas na versão paga, para muita coisa você precisa criar uma conta para ter acesso. A solução da ESET tem mais cara de painel de controle. Certamente agrada os que entendem um pouco mais de tecnologia; é um aplicativo sem muitas cores, mas cheio de detalhes e informações para quem quiser realmente se informar sobre a situação do dispositivo.

O AVG é mais monocromático e cheio de textos. Mas as funções estão bem colocadas e não dá muito trabalho encontrar o que se deseja dentro do aplicativo. As informações são bem acessíveis. A interface do Avast traz uma navegação interessante para os lados. Cada página resume uma única função. A principal, como esperado, é o escaneamento inteligente. Tudo bem colorido e com letras grandes. O 360 Security é o mais colorido e super visual; o menu de funções é bem estruturado. A princípio, o CM Security tem apenas uma página principal: a verificação de riscos e ameaças. Isso é ótimo. No menu ao lado, todas as funções estão separadas e bem explicadas - com ícones coloridos que lembram bastante a configuração do sistema Android. Nota 10 e mais um quesito na conta do CM…

EFICÁCIA

Este é um dos pontos principais do nosso Laboratório Digital. Se o aplicativo não for eficiente o bastante para bloquear tudo que possa ameaçar seu smartphone, é melhor pensar em outra solução. Fizemos esta avaliação da seguinte maneira. Deixamos apenas um aplicativo instalado por vez no smartphone. Efetuamos a varredura inicial, em seguida tentamos baixar aplicativos específicos para testes que simulam diferentes malwares e que deveriam ser imediatamente bloqueados. Baixamos também arquivos com códigos que simulam vírus e, por último, tentamos acessar uma página que, segundo a instituição PhishTank, foi constatada como maliciosa pela prática de phishing. Veja só o que aconteceu…

Mais uma vez o Internet Security, da Kaspesrsky, ficou em último lugar. Desta vez, bem atrás dos seus concorrentes. Além de ser o mais lento na varredura inicial, a solução não bloqueou nenhum daqueles aplicativos durante a instalação; não encontrou nenhum arquivo com código suspeito instalado e também não identificou o site como perigoso. Em uma segunda análise, já depois de instalados, o app da Kaspersky encontrou os aplicativos que continham ameaças. Tarde demais se eles fossem realmente vírus. A função de proteção em tempo real só está disponível na versão Premium. O 360 Security bloqueou três dos quatro apps de testes; um escapou. A solução também não foi capaz de identificar o site contendo suspeita de phishing.

Os antivírus da Avast, AVG, CM Security e Eset, todos bloquearam os quatro aplicativos de teste. O CM Security mais uma vez se destacou pela leveza e velocidade das ações. Ao lado do Avast, foram os dois únicos que identificaram o site de phishing. Por outro lado, só o aplicativo da Eset, em uma análise mais profunda, foi capaz de encontrar também os arquivos maliciosos instalados no aparelho. O único problema é que o anti-phishing não funcionou. Sendo assim, a ordem fica a seguinte: AVG em terceiro lugar; em segundo, empatados, Avast e CM Security; e pela sua detecção minuciosa, quem leva este quesito é o painel de controle da Eset.

FUNÇÕES EXTRAS

Pode acreditar, em muitos desses aplicativos, as funções extras chamam mais atenção do que a própria proteção contra malwares. E, realmente, em smartphones, elas fazem muita diferença. As principais todos eles possuem: função anti-roubo ou perda, que permite que, além de localizar o aparelho via GPS, o usuário bloqueie ou apague remotamente as informações do dispositivo; bloqueador de chamadas e mensagens e função anti-phishing. Os únicos que não contam com o bloqueador de aplicativos são os antivírus da Eset e da Kaspersky. No Eset, algumas funções só estão disponíveis gratuitamente durante um período de avaliação; 3 dias. No app da Kaspersky, as opções de proteção na web e de privacidade só estão disponíveis na versão paga do serviço. No AVG, o bloqueador de apps também só está disponível na versão paga. Mas o app traz uma série de outras funções gratuitas como eliminador de tarefas para melhorar a performance do aparelho, economia automática de bateria, utilização do armazenamento e até uma função para avaliar o uso de dados por cada aplicativo instalado.

Em terceiro lugar no quesito de funções extras fica o 360 Security. Ele só não tem a função anti-phishing; em compensação, possui um monitor de dados muito interessante para quem precisa controlar a franquia de dados. O Avast se destaca pelo controle de permissões que cada aplicativo instalado requer dos seus dados. Na verdade, o Eset também possui essa função, mas novamente, na versão paga. Funções como o anti-roubo ou perda; controle energético; análise de rede Wi-Fi e outras são gratuitas, mas disponíveis em outros aplicativos da mesma marca - poderia estar tudo integrado em uma solução única. Isso é o que o coloca na segunda posição neste quesito. No app de antivírus, entre as funções extras estão o bloqueador de aplicativos e de chamadas.

O grande vencedor da rodada foi, mais uma vez, o CM Security. Cem por cento gratuito em todas suas funções, além de todas as opções que os outros também oferecem, o aplicativo traz proteção extra para conexões Wi-Fi e um browser próprio embarcado para navegação segura.

PAGOS vs. GRATUITOS

Como dissemos no início, o intuito deste Laboratório Digital é comparar as versões gratuitas dos aplicativos de segurança para dispositivos Android. Nem todos são 100% grátis. Mas a gente resolveu deixar aqui o preço da anuidade dos que cobram para oferecer algumas funções específicas. A licença anual do app da Kaspersky custa 19 reais; o AVG sai por 36 reais ao ano; e o Eset, quase a mesma coisa - 37 reais. Os únicos que não cobram nada mesmo são Avast, CM Security e 360 Security.

CONCLUSÃO

Definir o primeiro e último lugar não foi difícil depois dessa análise minuciosa que fizemos. O Internet Security, da Kaspersky, amargou o último lugar em praticamente todos os quesitos. Apesar de ser um nome forte e reconhecido e ser um app bastante popular, a solução falhou e deixou muito a desejar.

Em penúltimo lugar - principalmente por ter algumas opções disponíveis apenas na versão paga - ficou o AVG Antivírus Free. É um app que vai direto ao ponto, faz uma varredura completa logo após a instalação com ótimo desempenho; mas não encontrou os arquivos maliciosos nem tampouco barrou o site com phishing. Um pouco melhor, mas também com funções abertas só a partir de pagamento da anuidade, o app da Eset ficou em quarto lugar. Em todos os quesitos ele ficou ali, no meio de campo; o Eset perdeu pontos nas funções extras, mas ganhou um ponto duplo na eficácia.

Agora, daqui pra frente, um divisor de águas - todos os apps, do terceiro ao primeiro lugar, são 100% gratuitos; o que rendeu uma vantagem muito boa na nossa comparação. Com a medalha de bronze, o estiloso e visual 360 Security. É um dos apps mais populares de antivírus para Android com mais de 100 milhões de downloads e 10 milhões de classificações. O 360 Security traz recurso que não acaba mais; ele se destaca pelo bloqueio de aplicativos para aumentar a privacidade do usuário em seu próprio dispositivo e pelo monitor de consumo de dados. A solução perdeu alguns pontos na eficácia, mas ganhou muitos no design.

Com o segundo lugar, medalha de prata neste Laboratório Digital, a solução da Avast! Uma pena as ferramentas extras terem que ser instaladas em outros aplicativos da marca. Talvez isso tenha decretado essa segunda posição.

E o vencedor é… bom, incontestável. O CM Security saiu na frente dos seus concorrentes em praticamente todos os quesitos; surpreendeu. É um aplicativo gratuito com todas as funções de um serviço premium. É muito fácil de usar, super direto e com uma leveza e desempenho incríveis. Na hora de barrar apps suspeitos, ele também foi o mais rápido com ótima eficiência - barrou o site com suspeita de phising e todos os apps maliciosos instantaneamente. Assim como outros, o CM Security traz uma série de funções extras; o legal é que o bloqueio de apps pode ser até usado com impressão digital nos smartphones com esta função. Sem dúvida, o melhor!

Se você já experimentou algum desses aplicativos ou tem outro para indicar para a galera, fique à vontade. Como dissemos no início, são mais de 30 apps de segurança desenvolvidos para Android. Nós testamos alguns dos mais populares e que se destacam na categoria. Você usa algum desses antivírus? Concorda com nossa opinião? Pensa diferente? Deixe sua opinião nos comentários. Participe!



RECOMENDADO PARA VOCÊ