Índice global de phishing aumentou, segundo estudo

Por Redação Olhar Digital - em 11/07/2012 às 15h30

  • malware
  • phishing
  • Segurança
  • Spam

Resumo: No Brasil, um a cada 713 emails foram bloqueados como fraude eletrônica que tenta adquirir dados pessoais diversos
Phishing

A Symantec apresentou um novo relatório de inteligência de junho de 2012 e descobriu que 36% de todos os ataques direcionados (58 por dia) tiveram como alvo empresas de até 250 funcionários.

Durante o primeiro semestre deste ano, o número total de ataques diários direcionados continuou a aumentar a um índice de no mínimo 24%, com uma média de 151 ataques bloqueados todos os dias em maio e junho. As empresas de grande porte, com mais de 2.500 funcionários, ainda estão recebendo o maior número de ataques, com uma média de 69 bloqueios diários.

“Parece haver uma correlação direta entre o aumento do número de ataques contra empresas menores e uma redução nos ataques contra as maiores. Temos quase a impressão de que os agressores estão desviando seus recursos diretamente de um grupo para o outro”, afirmou Paul Wood, Gerente de Inteligência de Segurança Cibernética da Symantec. 

O relatório também mostra que, em junho, a proporção global de spam no tráfego de emails caiu 1%  desde maio, um em cada 1,5 emails. Esse dado segue a tendência contínua de diminuição gradual de spam, que vem acontecendo desde o final de 2011.

Já o índice global de phishing aumentou em 0,04%, elevando a média global para um a cada 467,6 emails (0,21%) que possui alguma forma de ataque de phishing. No Brasil, um a cada 713 emails foram bloqueados como phinishing, enquanto que nos Estados Unidos, a prática atingiu um a cada 1.261 emails.

A proporção global de vírus transmitidos por emails foi de um a cada 316,5 mensagens (0,31%) em junho, um aumento de 0,04%  em comparação a maio. No mês passado, 27,4% dos malware transmitidos por emails continham links que encaminhavam os leitores para sites maliciosos, o que representa uma baixa de 1,2% em relação a maio.

O estudo ainda identificou uma média diária de 2.106 sites que abrigavam malware e outros programas potencialmente indesejados, incluindo spyware e adware, uma queda de 51,7% em relação a maio.

Para ver o estudo completo, clique aqui



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais