"Occupy Flash" propõe a usuários que desinstalem Flash de suas máquinas

Por Redação Olhar Digital - em 18/11/2011 às 16h22

  • Adobe
  • Flash

Resumo: Grupo diz que Flash está "morto" e quer que Adobe pare desenvolvimento da tecnologia para incentivar o uso do HTML5

Recentemente, a Adobe admitiu derrota e abandonou o desenvolvimento do Flash para dispositivos móveis. Agora, um grupo que se denomina "Occupy Flash" lançou uma campanha pedindo para a empresa abandonar definitivamente a plataforma e incentivar o uso do HTML 5 por parte dos desenvolvedores.

"O Flash está morto", diz o grupo em seu manifesto, lembrando das constantes atualizações, falhas, problemas de segurança e privacidade e outros desafios encontrados pelo Flash nos últimos anos. "O Flash torna a web menos acessível", dizem.

O grupo quer que todos desinstalem o Flash Player dos computadores. Eles dizem que é a única maneira de forçar a Adobe a abandonar a plataforma - caso um grupo de usuários ainda use o Flash, o suporte a ele continuará e, assim, programadores continuarão usando a tecnologia. "A única maneira de forçar a web a aceitar padrões modernos e abertos é invalidando tecnologia antiga", escreveram os manifestantes em seu site.

Eles garantem, ainda, que o protesto não é contra a Adobe nem contra a tecnologia Flash em si. "Nós sabemos que existem bons usos para ela, como a produção de aplicativos Adobe Air", escreveram. "A Adobe já disse que acha o HTML5 o futuro da navegação pela web. Estamos apenas tentando ajudá-los a chegar lá mais rápido."


Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais