Americanos receberão alertas ao baixar filmes e músicas ilegalmente

Por Redação Olhar Digital - em 08/07/2011 às 17h59

  • Internet
  • Pirataria
  • Provedor

Resumo: Provedoras notificarão internautas de diversas formas e, caso o download não seja cessado, elas poderão diminuir a velocidade da internet

Americanos que baixam filmes e músicas ilegalmente terão em breve uma surpresa. Segundo o jornal The New York Times, os internautas vão receber alertas para cessar o download e, caso eles não parem, a velocidade da internet será diminuída.

Após anos de negociações com Hollywood e a indústria da música, as maiores provedoras de internet do país concordaram em criar um sistema para identificar os clientes suspeitos de violação de direitos autorais digitais e, em seguida, alertá-los via email ou outros meios.

Vários avisos serão emitidos com consequências mais severas se os primeiros alertas forem ignorados. O acordo não obriga as provedoras de internet a encerrar as contas que foram repetidamente alertadas, pois o sistema de aviso foi criado apenas para ser algo educacional. No entanto, as provedoras manteriam seus direitos de encerrar qualquer assinatura que violar os termos de serviço.

As provedoras poderão enviar até seis alertas para o cliente que for identificado como um infrator de direitos autorais. Os avisos vão de simples notificações por email até os níveis cinco e seis, que reduzem a velocidade da internet ou bloqueiam a navegação. Assim que os alertas vão progredindo, o cliente deve confirmar que entendeu as notificações. Os internautas também terão a oportunidade de contestar as queixas.

As empresas esperam que os efeitos sobre os consumidores sejam mais do que um simples aborrecimento por ter sido impedido de continuar baixando os arquivos ilegais. A intenção é educar e mudar os hábitos dos usuários.


Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais