Android 4.1 (Jelly Bean): saiba todas as novidades do novo sistema operacional

Por Redação Olhar Digital - em 27/06/2012 às 15h06

  • Android
  • Google

Resumo: Novo software do Google para dispositivos móveis traz mais velocidade, tecnologia NFC e recursos para pessoas com deficiência visual

Como já estava previsto, o Google anunciou oficialmente nesta quarta-feira (27/06) a próxima versão de seu sistema operacional para dispositivos móveis, o Android 4.1, também chamado de Jelly Bean. Vivek Vic Gundotra, vice-presidente da empresa, foi quem subiu ao palco do Google I/O para falar das novidades.

O Jelly Bean (que significa "jujuba") é uma evolução modesta do já conhecido Ice Cream Sandwich, a última versão do sistema, mas com respostas mais rápidas de software, segundo o Google. Boa parte dessa aceleração se dá pelo Project Butter, uma iniciativa da companhia para que a resposta de comandos na tela touchscreen sejam antecipados durante a navegação pelo aparelho. Resumindo, o sistema faz uma projeção e é capaz de antever onde será mais provável que o usuário toque o display.



Outra melhoria no Android 4.1 é o teclado, que vai permitir que as palavras sejam mais facilmente digitadas através da aplicação Swiftkey. Além disso, haverá a opção Voice Typing, para escrever mensagens via comandos de voz, e que estará disponível também no modo offline. Inicialmente, o recurso virá apenas em inglês, mas que será expandido para outras línguas "muito em breve", de acordo com a gigante das buscas.

Para competir com a Siri, da Apple, o Google fez uma demonstração de um assistente de voz pessoal que responde perguntas faladas pelo usuário, chamado Voice Search. Ao ser questionado sobre "qual o primeiro ministro do Japão?", por exemplo, o Android respondeu com "Yoshihiko Noda é o primeiro-ministro do Japão", além de exibir fotos e informações do político na tela do smartphone.

Também foi apresentado durante a conferência para desenvolvedores o Google Now, uma ferramenta que mostra informações ao usuário de acordo com todo o seu histórico de navegação e pesquisa no Google, fornecendo, assim, aquilo que o dono do aparelho deseja encontrar.

Alguns exemplos do Google Now: se você estiver à procura de um carro, o Jelly Bean recebe uma notificação e diz quando o próximo veículo irá passar naquele local; se uma reunião estiver marcada para as 10:30 da manhã, os convocados receberão momentos antes um alerta dizendo a hora exata que devem sair de casa para chegar a tempo ao encontro. E ainda: se você tem um voo marcado e uma aula na academia ao mesmo tempo, o novo Android é capaz de informar se o voo está atrasado e se há tempo para o outro compromisso.

O Jelly Bean possui integração com a tecnologia NFC, que ainda não está popular no Brasil. O recurso vai facilitar, por exemplo, o compartilhamento de fotos e outros arquivos entre dispositivos Android apenas com a aproximação dos aparelhos. Já a câmera também terá comandos de compartilhamento de imagens com apenas um toque na tela.

 

Por último, mas não menos importante, estão algumas ferramentas de acessibilidade destinadas a deficientes visuais. Através de determinados gestos, será possível navegar pelo telefone de maneira intuitiva e usar gestos especiais para navegação ou dicas auditivas. Há até a linguagem Braille (para cegos) integrada ao sistema operacional.

O Android 4.1 (Jelly Bean) estará disponível para os aparelhos Galaxy Nexus, Nexus S e Xoom ainda em julho deste ano. A versão SDK, voltada para desenvolvedores, está liberada a partir de hoje.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais