Anonymous cria operação de caça aos pedófilos da internet

Por Redação Olhar Digital - em 11/07/2012 às 15h27

  • Anonymous
  • Hackers

Resumo: "Queremos diminuir ou mesmo erradicar essa praga da internet", explica um porta-voz do grupo em vídeo

Depois de um tempo de férias após um de seus principais membros ter revelado que era um agente duplo à serviço da CIA, o Anonymous definitivamente voltou à ativa neste começo do mês de julho. Na última terça-feira, o grupo de hacktivistas assumiu o crédito pelo roubo de mais de 2,4 milhões de e-mails de representantes do governo sírio, e um dia depois lança uma megaoperação de combate à pedofilia na internet: a #OpPedoChat.

De acordo com um vídeo postado no último dia 8 de julho, a operação espera "diminuir ou mesmo erradicar essa praga da internet". A ideia do grupo é hackear servidores de sites de pedofilia e divulgar o endereço de IP das pessoas que os alimentam e acessam.

"Chamou a nossa atenção o surgimento de diversos sites dedicados ao compartilhamento de imagens de crianças e que disponibilizam programas de bate-papo para pedófilos", explica o vídeo. "Para o bem do nosso grupo e da humanidade, e também para o nosso próprio divertamento,  devemos expulsar da internet e destruir sistematicamente fóruns como esses, impedindo que eles continuem a funcionar".

O grupo já divulgou alguns links no Pastebin com informações de supostos pedófilos (veja os quatro links postados).

No ano passado, o Anonymous realizou uma operação semelhante, a #OpDarknet, que teve como alvo o grupo de pedófilos que se refugiava no anonimato da chamada deep web, uma rede alternativa que pode ser acessada por programas anti-censura como o Tor.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais