Apple volta atrás e diz que abandonar selo verde foi um erro

Por Redação Olhar Digital - em 13/07/2012 às 15h50

  • Apple
  • empresa verde
  • Meio-ambiente
  • Sustentabilidade

Resumo: "Reconheço que isso foi um erro", afirmou Bob Mansfield, vice-presidente de engenharia de produtos da Apple

Poucas semanas depois de anunciar que abandonaria as exigências do selo verde da EPEAT (ferramenta de avaliação ecológica de produtos eletrônicos, na sigla em inglês), a Apple voltou atrás.

"Ouvimos muitos consumidores leais da Apple afirmarem que estavam decepcionados com a retirada do selo ambiental dos nossos produtos. Eu reconheço que isso foi um erro", afirmou o vice-presidente de engenharia de produtos Bob Mansfield, em um comunicado divulgado à imprensa.

A Apple solicitou remoção de seus produtos da lista dos certificados pela EPEAT afirmando que o padrão não cobriria todas as questões ambientais consideradas relevantes pela empresa, e que por isso ela passaria a obedecer apenas as exigências do governo norte-americano.

No entanto, a opinião negativa da imprensa e dos consumidores fez com que a empresa mudasse de ideia. Outra reação que deve ter sido decisiva para a revisão do plano foi o plano da cidade californiana de São Francisco, berço da Apple, de deixar de comprar e banir Macs de todos os órgãos oficiais da cidade por causa da rejeição do selo verde.

Pressionado, Mansfield garante: "A partir de hoje, todos os produtos da Apple voltarão a usar os padrões da EPEAT".

 

 

 



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais