Cientistas criam vacina para emagrecer

Por Redação Olhar Digital - em 11/07/2012 às 16h15

  • Ciência
  • Saúde

Resumo: Testes comprovam queda de 10% no peso, sem alterar os níveis normais de hormônios

Emagrecer ainda é um grande desafio para boa parte da população. Mas, a ciência está trabalhando a favor dos gordinhos. Segundo o site Science 2.0, uma nova vacina emagrecedora foi testada com sucesso nos Estados Unidos e promete fazer a diferença na hora de perder alguns quilinhos.

O teste foi feito por uma empresa norte-americana chamada Braasch Biotech LLC. Primeiramente a vacina foi testada em ratos e fez com que o organismo dos bichinhos criasse anticorpos contra a somatostatina, um componente que inibe dois hormônios e, consequentemente, contribui com o aumento de peso: o hormônio do crescimento (GH) e o de um fator de crescimento semelhante a insulina, o IGF-1.

Essas duas substâncias são importantes pois aumentam o metabolismo e contribuem com a perda de peso. Ao causar uma reação alérgica contra a somatostatina, os cientistas conseguiram acelerar o metabolismo ao provocar os dois hormônios.

Os testes foram feitos em dois grupos de dez ratos cada. Ambos receberam alimentação rica em gordura durante oito semanas antes do teste para que chegassem obesos no início dos exames. No primeiro e no 22º dia, dez roedores receberam a vacina, enquanto o outro grupo tomou apenas uma solução salina do medicamento. Quatro dias depois da vacinação, os primeiros ratos já apresentavam uma queda de 10% do peso em relação ao outro grupo. No fim do estudo, que durou seis semanas a partir dos testes iniciais, a queda de 10% se manteve, sem alterar os níveis normais de hormônios.

A vacina agora vai passar por um teste que irá analisar seus efeitos a longo prazo para saber se poderá ser usada em seres humanos.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais