Cinco são acusados de envolvimento em troca de rim por iPhone

Por Redação Olhar Digital - em 10/04/2012 às 12h21

  • China
  • iPad
  • iPhone

Resumo: Garoto chinês de 17 anos vendeu um de seus rins para poder comprar um iPad e um iPhone. Cirurgião e mais quatro são considerados culpados
China

Cinco pessoas foram acusadas de participar de negociações no mercado negro de órgãos na China após um garoto de 17 anos vender o rim para comprar um iPad e um iPhone, segundo o The Register.

Entre os suspeitos está o cirurgião Song Zhongyu, responsável por retirar o órgão do garoto, e He Wei, um traficante que organizou a operação.

O garoto atualmente sofre de insuficiência renal, já que o rim que restou não consegue se adequar às necessidades do seu organismo.

A negociação custou cerca de US$ 35 mil. O garoto ficou com 10% do valor, e usou o dinheiro para comprar os dispositivos da Apple. Os 90% restantes foram divididos entre os cinco suspeitos.

O caso do garoto de 17 anos não é o primeiro envolvendo troca de partes do corpo por dispositivos da Apple. Em junho do ano passado, um outro adolescente trocou um rim por um iPad 2. Já uma garota ofereceu a virgindade em troca de um iPhone 4.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais