Em breve, operadoras de telefonia poderão vender pacotes para casas conectadas

Por Stephanie Kohn - em 02/02/2012 às 17h34

  • automação
  • Carro conectado
  • Carros conectados
  • Internet

Resumo: Nova plataforma da Amdocs conecta todos os tipos de dispositivos e oferece às operadoras a possibilidade de vender pacotes de automação
Amdocs Connected Home

A Amdocs, fornecedora de software e serviços para as operadoras de telecomunicações e provedores de conteúdo, criou uma solução, baseada na nuvem, que pode mudar drasticamente o jeito como nos relacionamos com a nossa casa. A plataforma permite que diversos dispositivos se conectem e conversem entre si, seja um celular com um sensor de presença ou um computador com uma tomada. Com isso, o sistema pode, por exemplo, te enviar um SMS todas as vezes que alguém abrir a porta da sua casa ou te enviar, por email, os seus gastos diários com energia elétrica.

A vantagem desta nova plataforma é que as operadoras poderão oferecer pacotes de automação de casas para o usuário final. "As pessoas pagariam R$ 19 por mês para ter o pacote de monitoramento da casa ou outro valor para monitorar a saúde de algum familiar", explica Nelson Wang, Vice-Presidente da Amdocs do Brasil. "Imagine um sistema que controla os horários de remédios da sua mãe. Ele poderia enviar uma mensagem pro seu celular todas as vezes que ela abrisse a caixinha com os remédios", completa.

A automação das casas é um assunto antigo e já existem algumas pessoas e construtoras utilizando essa tecnologia no seu dia a dia. Mas, a instalação deste tipo de sistema é complexa e exige uma série de recursos. É preciso conectar os aparelhos nas tomadas, esconder os fios na estrutura das paredes e configurar os equipamentos para conversarem entre si.

No entanto, com a nova proposta de plataforma e pacotes de casa conectada, não seria preciso de nada disso. Os dispositivos usam bateria que duram de dois a três anos, o que eliminaria a necessidade de cabos, e a configuração também seria mais fácil, uma vez que a plataforma simplifica a conversa entre todos os aparelhos, enquanto a operadora fornece a conexão. "A plataforma tem 150 dispositivos homologados e daqui a três anos queremos que esse número suba para 3 mil", comenta. "Quanto mais equipamentos para monitorar a saúde, energia, segurança, ou entretenimento tiver, melhor", conta.

A empresa ainda está em fase de negociações com operadoras de telefonia. Além disso, as operadoras também precisam analisar o mercado para saber que tipos de pacotes serão oferecidos. Para que esses planos de casas conectadas se tornem realidade é necessário que as operadoras fechem outras parcerias também para agregar valor. O setor de serviços públicos ou empresas de segurança privada podem fornecer mais serviços e dados à plataforma. "Este conceito pode funcionar também com carros, conectando o GPS aos semáforos e celulares", conclui.

De acordo com a empresa, a partir do segundo semestre de 2012 a solução deve estar disponível. Um home gateway, equipamento que dá acesso aos outros dispositivos, pode sair por cerca de R$ 500.

Gostou da novidade? Você compraria um pacote de automação para sua casa? Deixe sua opinião nos comentários abaixo. 



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais