Em mês de restrição de vendas, linhas de celulares no Brasil se mantêm estáveis

Por Redação Olhar Digital - em 17/08/2012 às 12h22

  • Anatel
  • Celulares

Resumo: País tem 256,41 milhões de linhas de celular ativas, segundo números da Anatel

O Brasil fechou o mês de julho com 256,41 milhões de linhas de telefonia móvel, o que dá uma densidade de 130,49 acessos para cada grupo de 100 habitantes no país, de acordo com números divulgados nesta sexta-feira (17/08) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Foram 279,72 novas linhas de celular ativadas no período, um crescimento de 0,11% em relação a junho deste ano. O mês de julho foi marcado pela proibição da venda de novos chips pelas operadoras Claro, Oi e TIM em alguns estados, medida que durou de 23 de julho até 2 de agosto.

Ao todo, 209,2 milhões (81,6%) das linhas são pré-pagas, enquanto 46,9 milhões (18,4%) são de planos pós-pagos.

A Vivo é a operadora com mais clientes no país. São mais de 76 milhões de linhas da empresa, que tem 29,71% do mercado. A TIM, com 68 milhões de consumidores e 26,78% de participação, aparece em segundo, seguida pela Claro com 63 milhões de clientes e 24,6% de market share. A Oi, com 47 milhões de linhas ativas, tem 18,59% do mercado.

Os acessos a redes 3G de banda larga móvel atingiram 53,9 milhões no período, ante 48,9 milhões registrados em junho.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais