Europa vai investigar queixas de que a Microsoft beneficia o IE no Windows 8

Por Redação Olhar Digital - em 19/07/2012 às 10h00

  • Internet Explorer
  • Microsoft
  • Windows
  • Windows 8

Resumo: Empresa não teria liberado API para desenvolvedores integrarem navegadores rivais à interface Metro do novo sistema operacional

A União Europeia vai analisar reclamações feitas por desenvolvedoras de navegadores que afirmam que a Microsoft vai impedir a instalação de browsers em algumas versões do Windows 8, segundo a CNET.

O órgão antitruste europeu vai investigar queixas de que a Microsoft beneficia o Internet Explorer no Windows RT - a versão do Win8 para processadores ARM - e dificulta a instalação e utilização de outros browsers na plataforma.

A empresa não teria fornecido APIs completas para rivais desenvolverem os softwares para o WinRT. Com isso, a integração dos navegadores com o Windows não conseguiria se aproveitar de alguns dos recursos do sistema.

A Mozilla, desenvolvedora do Firefox, alega que a Microsoft só liberou APIs para a versão clássica do WinRT, com a interface tradicional, e não forneceu para o modo Metro - a nova interface do sistema.

Com isso, apenas o IE10, que já virá instalado com a plataforma, pode se aproveitar de todos os recursos da nova interface desenvolvida principalmente para dispositivos com tela sensível ao toque.

A questão também está sendo investigada por órgãos nos Estados Unidos.

Essa não é a única investigação de práticas anticompetitivas da Microsoft feitas por órgãos antitruste europeus. A empresa também é acusada de beneficiar o IE nas versões atuais do Windows, e a companhia teria violado o acordo feito com as autoridades europeias.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais