FBI desliga servidor e deixa 300 mil computadores sem acesso à internet

Por Redação Olhar Digital - em 09/07/2012 às 16h05

  • Antivírus
  • FBI
  • Segurança
  • Vírus

Resumo: Agência desligou os servidores que disponibilizam internet para os computadores contaminados pelo vírus DNSChanger
virus

O FBI desligou os servidores que disponibilizam internet para os computadores contaminados pelo vírus DNSChanger. Segundo a BBC, mais de 300 mil máquinas ficaram sem acesso à internet em diversos países.

O DNSChanger é um vírus que modifica as configurações de DNS dos computadores (Windows ou Mac OS X) e redireciona páginas e resultados de pesquisas dos usuários para sites infectados ou de origem maliciosa. le também bloqueia o acesso a links que possam oferecer soluções para limpar a máquina dessa ameaça. 

Em novembro de 2011, autoridades americanas prenderam seis homens na Estônia pela criação e disseminação do DNSChanger. Segundo o próprio FBI, o malware atinge computadores em mais de 100 países, incluindo meio milhão de PCs nos Estados Unidos e seis mil no Brasil. 

Para encontrar formas de erradicar o vírus, o FBI conseguiu uma ordem judicial para substituir os servidores infectados por novos aparelhos juntamente com especialistas do site DCWG, além de recorrer a uma empresa privada para instalar dois servidores de "limpeza" para combater o malware em máquinas e dispositivos contaminados. O problema é que esse sistema de segurança é temporário e o prazo de validade acabou ao meio-dia desta segunda-feira (09/07). 

Desde o início de junho deste ano, o FBI tem notificado as vítimas do vírus para que limpem seus computadores e evitem o apagão. A organização americana até disponibilizou um relatório completo sobre o DNSChanger (clique aqui para acessar).



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais