Google encontra evidência de máquina com capacidade de aprendizado

Por Redação Olhar Digital - em 26/06/2012 às 10h00

  • Computadores
  • Google
  • Internet
  • Supercomputadores

Resumo: Cientistas da empresa juntaram 16 mil processadores e observaram a rede aprender sozinha a encontrar vídeos de gatos no YouTube
Internet

Dentro do laboratório secreto Google X, engenheiros da empresa estão usando redes de computadores para simular o cérebro humano. E eles conseguiram evidência de que é possível desenvolver uma máquina que consegue aprender sozinha, basta conectar 16 mil processadores.

A experiência usou uma das tarefas mais comuns dos usuários de internet, a busca por vídeos de gatos no YouTube. De acordo com o New York Times, a performance da rede surpreendeu os pesquisadores ao melhorar a capacidade de identificar objetos em uma lista com 20 mil itens.

Para encontrar os vídeos, os pesquisadores colocaram imagens aleatórias de mais de 10 milhões de vídeos na rede desenvolvida com os 16 mil chips. O resultado, de acordo com os engenheiros, apoia a teoria de biólogos de que os neurônios do cérebro são treinados para identificar objetos específicos.

"Nunca falamos durante o treinamento 'Isso é um gato'. A rede basicamente inventou o conceito de gato", explicou Jeff Dean, um dos envolvidos no estudo. O Google acredita que pode usar máquinas com capacidade de aprendizado para melhorar o algorítimo do seu sistema de busca.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais