Governo dos Estados Unidos quer combater formação de redes de botnets

Por Redação Olhar Digital - em 31/05/2012 às 15h30

  • Computadores
  • Crackers
  • Hackers
  • Segurança

Resumo: Casa Branca se alia a nomes da indústria para conscientizar usuários dos perigos das redes de computadores controlados por hackers
Segurança virtual

A Casa Branca já escolheu o próximo alvo digital: as redes de Botnets, formadas por computadores hackeados que são usadas para derrubar sites sobrecarregando servidores com excesso de tráfego.

A administração Obama se aliou com a Industry Botnet Group (IBG) para combater a formação dessas redes, segundo o Mashable.

Além de um plano envolvendo diversos nomes da indústria, a IBG vai contribuir desenvolvendo uma campanha de educação de internautas para diminuir a quantidade de botnets.

"O problema dos botnets é maior que qualquer indústria ou país", disse o coordenador de cibersegurança da Casa Branca, Howard Schmidt. "Esse é o motivo da parceria ser tão importante", explicou.

A campanha de conscientização terá apoio de grandes nomes da indústria como Microsoft e Google. O projeto vai ensinar usuários a evitarem, detectarem e se livrarem de botnets e códigos maliciosos que comprometam o computador.

Segundo a McAfee, atualmente cerca de cinco milhões de computadores pelo mundo são usados em ataques de botnets. Hackers usam os aparelhos sem o consentimento dos usuários para dirigir tráfego para um servidor específico e derrubá-lo após sobrecarregá-los.

Segundo o blog da ESET, existem alguns sinais que podem indicar se o computador foi infectado por um malware do tipo bot e se transformou em um zumbi - termo usado para estes casos.

Entre eles está a conexão muito lenta sem nenhum motivo aparente, demora no desligamento da máquina, pop-ups de anúncios que aparecem mesmo quando o internauta não está navegando na internet ou o mal funcionamento do cooler, que se mantém em alta velocidade mesmo quando o computador está ocioso.

Também é importante estar atento no funcionamento dos aplicativos, que podem ter uma queda no desempenho, assim como checar se o computador não tem desligado corretamente e se não está sendo possível baixar atualizações de antivírus.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais