Guia: como escolher o projetor ideal para cada tipo de ambiente

Por Redação Olhar Digital - em 11/05/2012 às 14h45

  • Educação
  • Empresas
  • Evento
  • Projetores

Resumo: Saiba o que levar em conta ao comprar um projetor para sua casa ou para sua empresa
Vivitek QUMI

Já faz algum tempo que os projetores saíram do mundo corporativo e entraram no dia a dia de muitas pessoas, seja na escola ou em casa. Junto a essa popularização, vieram também novas tecnologias como alta definição de imagem, reprodução em 3 dimensões e até luzes de LED. E aí, como escolher o melhor entre tantas opções?

Segundo o especialista em projetores Paulo Sérgio Correia, da Personal Video Service, existem algumas perguntas necessárias de se fazer antes de encontrar o projetor ideal: qual espaço tenho disponível, como é a iluminação deste local, quantas pessoas terão de ver a imagem projetada (em média), e qual será o principal uso. Diante destas questões, conseguimos saber se é necessário um projetor multimídia ou home theater para o espaço. Além disso, é possível saber o tamanho médio do display, a quantidade de lumens necessários, a taxa de contraste, brilho e resolução adequada. 

"Os projetores multimídia são melhores para escolas e empresas, pois normalmente, nesses ambientes não há luz controlada. Por isso, é necessário mais brilho. Mas, por outro lado, dispensa-se tanta resolução", comenta. Já o home theater é mais comum em casas e eventos, uma vez que nestes ambientes, geralmente, são vistos vídeos e fotografias. "Nestes lugares é preciso melhor resolução, porém, não é necessário tanto brilho, porque é comum que estes ambientes tenham luz controlada, uma vez que foram feitos para isso", explica.

É possível encontrar no mercado projetores com 200 (mini projetores) até 20 mil lumens, sendo que estes mais poderosos (acima dos 10 mil lumens) são usados apenas em grandes eventos. De 500 a 1000 lumens requerem um ambiente bastante escuro e uma distância pequena da parede até ele, enquanto os projetores com 1000 a 2000 lumens são capazes de exibir boas imagens mesmo em ambientes um pouco mais claros. Acima dos 3000 lumens não é preciso que o ambiente seja escurecido.

Junto com a luminosidade, é recomendável checar se o aparelho tem uma boa taxa de contraste. Quanto maior essa taxa, melhor. Prefira projetores que tenham, pelo menos, contraste de 500:1. Uma taxa de 1000:1, por exemplo, significa que o branco é mil vezes mais claro que o preto. Ou seja, um projetor com alta taxa de contraste consegue produzir uma variação maior de cores e mais detalhes do que um com baixa taxa. 

Vale lembrar também que a luminosidade diminui à medida que o projetor fica mais longe da área de exibição. Se o contrário for feito, a imagem fica com mais brilho. Por essa razão, os projetores geralmente indicam em seus manuais as distâncias máximas e mínimas com as quais trabalham.

Já a resolução de um projetor é medida em pixels e quanto maior, mais clara e definida a imagem será. Para se ter ideia, uma resolução de 1024 x 768 é uma das mais baixas, mas pode ser suficiente se você vai exibir slides em sala de aula (esse tipo de imagem, normalmente, não precisa de tantas linhas de definição). Já para quem quer muitos detalhes, há até mesmo projetores HD no mercado, capazes de exibir vídeos em ótima qualidade. 

Em relação às lâmpadas, Paulo lembra que a duração média é de 1500 a 2000 horas - o suficiente para cerca de 2 anos de uso, em média. O tipo de lâmpada utilizada também influencia a quantidade de lumens projetada, pois alguns modelos, quando chegam à metade de sua vida útil, projetam apenas 50% da capacidade máxima do projetor. 

No geral, é importante ter em mente as seguintes características: quanto maior o brilho, maior a flexibilidade com a iluminação do ambiente. Quanto maiores o contraste e a resolução, melhor a qualidade da imagem. As conexões de som e vídeo também são importantes para garantir a performance da experiência proporcionada por esses aparelhos. Além disso, o peso do projetor, caso você precise carregá-lo para vários lugares, e o barulho que ele gera também merecem atenção. 

Para facilitar na hora da compra, selecionamos alguns modelos e os dividimos em grupos que se adequam melhor a certos ambientes. Tem projetor para uso empresarial, que projeta imagens de diversos dispositivos diferentes, projetor de curto alcance, que pode ser utilizado em uma distância de apenas 40 centímetros e outros com variados recursos e funcionalidades. Veja nas próximas páginas.

Página 1/7
<< < 1 2 3 4 5 6 7 > >>


Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais