IE8: mais segurança e performance

Por Redação Olhar Digital - em 19/03/2009 às 16h18

  • IE8
  • Microsoft

Resumo: Nova versão do navegador já está disponível para download

Desde as 13 horas desta quinta-feira, 19, a Microsoft disponibiliza a versão final do Internet Explorer 8 para download, depois de um ano do lançamento do beta e após um mês e meio do release candidate. O software é compatível com a versão atual do Windows, Vista, e também com a versão anterior do sistema operacional, XP.

A estratégia da Microsoft para não perder espaço no market share está na alegação de um “browser de segurança máxima”. A Microsoft afirma que o novo browser tem recursos de segurança melhorados, como, por exemplo, bloquear de duas a quatro vezes mais sites maliciosos que os concorrentes.

 

Segurança, ponto forte do IE8

Dentre as novidades na área de segurança, a apresentação do filtro SmartScreen, uma ferramenta contra instalação de códigos maliciosos. Com o recurso, quando o usuário quiser adentrar em um endereço tido como inseguro, uma mensagem de advertência aparecerá com as opções de exploração e de retorno. O mesmo vale para a hora de realizar downloads de conteúdos suspeitos.

Já o recurso Domain Highliting busca facilitar a visualização dos endereços da internet contidos na barra do browser, evitando que o usuário seja vítima de fraudes por redirecionamentos falsos.

Além das promessas de segurança, o IE8 traz a possibilidade do usuário clicar com o botão direito sobre endereços ou recursos da web para ir direto para um mapa ou blog ou outro site, recurso que a Microsoft chama de "acelerador". Os usuários também poderão escrever palavras na barra de endereços do navegador para lembrar sites visitados relacionados à palavra.

Lançado em 25 idiomas (incluindo Português do Brasil), o software já está disponível para download AQUI. Segundo a Microsoft, ainda não há data para que o IE8 seja atualizado automaticamente pelo Windows Update.

 

Mercado

Segundo pesquisa recente conduzida pela Janco Associates e publicada pela Reuters, o Internet Explorer tem 72,2% de participação de mercado, à frente do Firefox, com 17,2%. O novo browser do Google, Chrome, tem outros 2,8%, enquanto o Safari, da Apple, fica com menos de 1%.

No mês passado, o Google uniu-se à Fundação Mozilla, produtora do Firefox, e à norueguesa Opera em protestos contra o domínio do mercado de browsers pela Microsoft. Em janeiro, autoridades europeias impuseram acusações formais contra a gigante do software por abuso de domínio de mercado ao incorporar o Internet Explorer no Windows, que equipa 95% dos computadores pessoais usados no mundo.

 



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais