Japoneses criam bumbum robótico que expressa emoções e reage a tapas e carícias

Por Redação Olhar Digital - em 14/05/2012 às 09h45

  • Comportamento
  • Curiosidades
  • Robôs
  • Robótica

Resumo: Traseiro humanoide é feito de construções orgânicas e músculos artificiais, e reproduz tensões e contrações como um humano de verdade

Cientistas japoneses criaram um robô com características um tanto... curiosas. Na verdade, os pesquisadores desenvolveram apenas um bumbum robótico que, além de ser muito realista, expressa emoções que podem ser percebidas pelo toque e visão.

De acordo com um vídeo no YouTube, o aparelho, construído por Nobuhiro Takahashi e uma equipe da Universidade de Eletro-comunicações de Tóquio, foi batizado de "Shiri" (palavra japonesa que significa "nádegas"). O projeto tem por objetivo inovar usando a tecnologia disponível em robótica e observar as percepções manifestadas pelos usuários ao interagirem com o robô.

O traseiro humanoide é feito de construções orgânicas e músculos artificiais, e consegue reproduzir tensões, contrações e profusões como se fosse um humano de verdade.

Já a pele foi produzida em silicone e a parte interna revestida por três componentes: um esqueleto rígido de uretano, um modelo pélvico em tamanho real e o "simulador de glúteos", responsável por expressar as emoções. É esse simulador, controlado por pressão, que permite as mudanças no formato dos músculos e responde ao toque. Além disso, há um microfone embutido na camada da pele, que também reage a tapas e carícias do usuário.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais