Lenovo lança a primeira Smart TV do mundo com Android 4.0

Por Redação Olhar Digital - em 09/05/2012 às 10h22

  • Lenovo
  • Smart TV

Resumo: Para suportar o sistema operacional do Google, o televisor conta com um processador Qualcomm dual-core com 1,5 GHz de clock

Nesta terça-feira (08/05), a Lenovo lançou em Pequim, na China, um novo modelo de televisão inteligente.

Segundo uma publicação da empresa, o televisor faz parte de uma linha de TVs chamada K Smart TV, a primeira da Lenovo. O modelo mostrado aos visitantes foi o K91, com tela de 55 polegadas, onde os convidados puderam ler microblogs, jogar partidas simuladas de tênis e assistir ao filme "A Origem".

A segunda maior fabricante mundial de computadores decidiu lançar o aparelho em seu mercado de origem porque afirmou que é mais fácil negociar acordos de conteúdo em território chinês. "Estivemos muito ocupados, nas últimas semanas, semeando o futuro", disse Yang Yuanqing, presidente-executivo e do conselho da Lenovo. "Nossa companhia quer ser não só um importante fornecedor de computadores como líder mundial no fornecimento de aparelhos para acesso à internet aos consumidores".

O grande destaque da televisão é o Android 4.0 (também conhecido como Ice Cream Sandwich) - algo até então inédito em uma TV em todo o mundo. Para suportar o sistema operacional do Google, o televisor conta com um processador Qualcomm dual-core com 1,5 GHz de frequência. A K-series possui tela de LCD e é capaz de reproduzir conteúdos em alta definição.

A interação dos espectadores com a TV acontece pelo Smart Remote Controller, um controle remoto com pontos sensíveis ao toque, receptor de comandos de voz, sensor de gravidade e funções de mouse. Já para complementar as funções de acesso a redes Wi-Fi, jogos e streaming de vídeos, a TV inteligente contará com uma loja de aplicativos online.

A série K Smart TV terá quatro modelos: dois com 55 polegadas e outros dois com 42 polegadas, com variações de frequência que vão de 120 a 240 Hz. Os preços serão de 6,5 mil yuans (R$ 2 mil) a 15 mil yuans (R$ 4,6 mil). Os aparelhos chegam ainda este mês às lojas de nove cidades chinesas.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais