Mozilla e Telefônica criarão sistema operacional móvel em HTML5

Por Stephanie Kohn - em 19/04/2012 às 15h10

  • Celulares
  • Internet
  • Mozilla
  • Sistema Operacional

Resumo: Objetivo da plataforma é possibilitar que dispositivos com preços mais competitivos tenham funcionalidades similares às de smartphones
Mozilla e Telefônica

A Fundação Mozilla, responsável pelo navegador Firefox, e a Telefônica Digital, divisão de negócios global da companhia, anunciaram nesta quinta-feira (19/04) uma nova plataforma de desenvolvimento para celulares criada em conjunto pelas duas empresas.

Batizado de "Boot to Gecko", o sistema vai se basear em HTML5 e será um espaço comum para desenvolvimento de aplicações e páginas web no mundo móvel. Segundo Gary Kovacs, CEO da Mozilla, o sistema representa um avanço transformador, já que a plataforma oferece controle pleno dos dispositivos móveis para aplicações web. "Estamos trabalhando para que a web seja consumida de maneira inteligente. Vamos levar a internet para a massa. A finalidade da Mozilla é incentivar a adoção do HTML5 e da internet aberta", comentou o CEO durante coletiva de imprensa em São Paulo.

O executivo explica que, atualmente, as aplicações são desenvolvidas para cada sistema proprietário como iOS e Android, por isso, o mercado tem forçado os usuários a escolher um único lado. O objetivo da plataforma aberta é justamente permitir que as pessoas não precisem eleger um único sistema. "Não acredito que vamos brigar com as grandes plataformas, mas acredito que, no fim, irá acontecer o que Steve Jobs previu: a web irá vencer. Vejo mais como uma evolução do que como uma luta", afirmou. "A ideia central é o surgimento de dispositivos em que tudo é uma aplicação móvel. Isso vai contra a tendência atual de aplicativos que funcionam apenas em um sistema ou outro", completou.

Já para a Telefônica | Vivo, o objetivo é trazer ao mercado local aparelhos que ofereçam a mesma experiência de um smartphone com preços competitivos, o que contribuirá para a inclusão digital de um público cada vez maior. "Percebemos que os clientes gostariam de um sistema aberto e acreditamos que ao satisfazê-los conseguiremos ainda mais clientes”, ressaltou o diretor do Centro de Inovação da companhia, Pablo Larrieux.

Focada no compromisso com os protocolos abertos, a Mozilla vai submeter a plataforma ao World Web Consortium (W3C), consórcio que define padrões internacionais para o desenvolvimento na internet aberta. Com isso, ela impedirá que interfaces de programação proprietárias entrem na nova arquitetura, além de garantir que os aparelhos desenvolvidos nessa tecnologia sejam verdadeiramente "abertos".

De acordo com Kovacs, a empresa está trabalhando na plataforma há três anos, mas, em agosto de 2011, a fundação lançou um documento para toda comunidade Mozilla para que os colaboradores começassem a trabalhar em cima do "Boot of Gecko". A previsão é que no início de 2013, as empresas lancem oficialmente o sistema. O Brasil será o primeiro mercado a receber a novidade. 

Confira abaixo uma entrevista exclusiva com o CEO da Mozilla.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais