Nokia tem sua pior participação no mercado em 14 anos, afirma Gartner

Por Redação Olhar Digital - em 23/05/2011 às 10h10

  • Celulares
  • Gartner
  • Mercado
  • Smartphones

Resumo: Mercado de dispositivos móveis alcançou um total de 427,8 milhões de unidades vendidas, com um crescimento de 19% em relação a 2010

Uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira (20/5) aponta para um crescimento de 19% nas vendas de dispositivos móveis no primeiro trimestre de 2011 em relação ao mesmo período do ano passado, com um total de 427,8 milhões de unidades vendidas ao redor do mundo. Os smartphones continuam como os itens mais vendidos da categoria, contabilizando 23,6% do total das vendas de dispositivos móveis. Apesar disso, a líder do mercado Nokia observou sua pior participação no mercado desde 1997, cerca de 14 anos atrás. Hoje, a companhia finlandesa representa 25% dos dispositivos móveis, com uma queda de 5,5% em relação ao primeiro trimestre de 2010. A companhia vendeu um total de 107,6 milhões de aparelhos no período e deve reduzir os preços de seus dispositivos que rodam o Symbian enquanto aguarda a chegada dos primeiros aparelhos com o Windows Phone 7. Ainda assim, a Gartner aponta que os principais desafios da empresa serão a competição com a plataforma Android e a restrição de alguns itens devido ao desastre no Japão. A sul-coreana Samsung, por sua vez, experimentou seu melhor primeiro trimestre da história, principalmente devido aos novos aparelhos de alta qualidade da divisão Galaxy, com um total de 68 milhões de unidades vendidas. No campo dos sistemas operacionais, o Android, Symbian e iOS continuam como os maiores no mercado dos dispositivos móveis, representando cerca de 36%, 27% e 16% do mercado, respectivamente. O Windows Phone 7, por sua vez, viu um crescimento modesto, atingindo cerca de 1,6 milhão de unidades vendidas no período. Apesar disso, a parceria da Microsoft com a Nokia deve alavancar o WP7 OS em breve.  


Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais