ONU defende liberdade de expressão na internet

Por Redação Olhar Digital - em 05/07/2012 às 11h30

  • Direito Digital
  • Internet
  • Web

Resumo: Principal órgão de direitos humanos da organização afirmou pela primeira vez que as pessoas têm o direito à liberdade de expressão na web
Liberdade de expressão

O principal órgão de direitos humanos da ONU afirmou pela primeira vez que as pessoas têm o direito à liberdade de expressão na internet e pediu, nesta quinta-feira (05/07), que todos os países o protejam.

De acordo com a Reuters, em discursos, China e Cuba manifestaram reservas, mas se juntaram ao consenso dos 47 Estados do Conselho de Direitos Humanos da ONU na adoção da resolução apresentada pela Suécia.

"Essa é a primeira resolução da ONU afirmando que os direitos humanos no ambiente digital devem ser protegidos e promovidos da mesma forma e com o mesmo comprometimento dos direitos humanos no mundo físico", disse disse a embaixadora dos Estados Unidos Eileen Donahoe, cujo país copatrocinou a moção junto com Brasil e Tunísia.

O enviado da China apoiou a moção, mas disse que as pessoas também precisam ser protegidas de sites agressivos.

"Acreditamos que o livre fluxo de informação na internet e o fluxo seguro de informação na internet são mutuamente dependentes", disse Xia Jingge à assembleia. "Enquanto a web se desenvolve rapidamente, as apostas online, a pornografia, a violência, as fraudes e a pirataria estão aumentando sua ameaça aos direitos legais da sociedade e do público", concluiu.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais