Operadoras podem voltar a vender daqui a 15 dias

Por Redação Olhar Digital - em 24/07/2012 às 15h30

  • Anatel
  • Chip
  • Claro
  • OI

Resumo: Ministério das Comunicações diz que o prazo é suficiente para entrega de planos de melhorias, mas isso não garante arrumação do setor
Smartphone com entradas para mais de um chip são a nova forma de economia dos consumidores

As operadoras Claro, Oi e TIM devem retornar às atividades em 15 dias, de acordo com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. É o prazo estimado por ele para que apresentem um plano de melhorias de seus serviços, e quem mostrar primeiro pode ser liberada antes.

"Não vamos resolver isso em 15 dias, mas achamos que neste prazo é possível ter um plano e compromissos públicos que sinalizem para a solução do problema. Aí autorizaremos a venda de novas linhas condicionada ao cumprimento desse compromisso", disse Bernardo à Agência Brasil.

Desde a última segunda-feira (23/07) as três empresas estão proibidas de comercializar chips em razão da má qualidade dos serviços oferecidos. A Claro não pode habilitar linhas em três Estados (incluindo São Paulo), a Oi em cinco, e a TIM em 19.

As operadoras foram intimadas pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) a elaborarem planos para resolução dos problemas. As ideias de cada uma serão divulgadas pela internet para que os consumidores possam ver como anda a aplicação, segundo Bernardo.

"Assim que os planos estiverem bem articulados, vamos autorizar a venda e fazer um acompanhamento e, mais do que isso, o público poderá acompanhar porque vamos colocar no site da Anatel os compromissos que as empresas vão assumir. Vamos fazer a liberação e vamos acompanhando", informou o ministro.


Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais