Pesquisa aponta que smartphones podem acabar com câmeras digitais e filmadoras

Por Redação Olhar Digital - em 23/12/2011 às 13h30

  • Câmeras
  • Celulares
  • estudo
  • Filmadoras

Resumo: 27% dos americanos já utilizam telefones inteligentes para registrar fotos e vídeos. Mercado de câmeras fotográficas caiu 17% em vendas

Um estudo conduzido pelo NPD Group afirma que mais de um quarto de todas as fotografias e filmes capturados pela população americana são feitos através de seus celulares. De acordo com a pesquisa online, que entrevistou três mil usuários a partir dos 13 anos, a venda desses dispositivos têm substituído a necessidade de possuir outros produtos eletrônicos como câmeras e filmadoras, por exemplo.

A porcentagem de imagens tiradas com um smartphone subiu de 17% para 27%, em relação ao ano passado. Já a comercialização de aparelhos fotográficos caiu 17% em volume de vendas e 18% na sua receita, nos últimos onze meses de 2011. As filmadoras também sofreram queda no mercado com 13% e 10% de declínio nas vendas e receita, respectivamente.

Por outro lado, as câmeras de lentes removíveis ganharam espaço com aumento de 12% e, as mais compactas, também conhecidas como "aponte-e-despare", de zoom óptico de 10x ou mais, cresceram 16%.

Segundo Liz Cutting, diretora-executiva e analista sênior de imagem da NPD, os smartphones têm tomado cada vez mais o lugar de produtos eletrônicos que conhecemos hoje. Um dos motivos seria o fato dos celulares terem a capacidade de registrar momentos mais particulares e espontâneos. Além disso, câmeras e filmadoras só são usadas para eventos importantes.

Um bom exemplo desse crescimento são alguns sites e aplicativos desenvolvidos para os telefones inteligentes. O Flickr dobrou o tráfego de postagem de fotos em 2011 e seus uploads através de dispositivos móveis aumentaram oito vezes nos últimos dois anos.

Outro serviço que também se popularizou, especialmente com o lançamento do iPhone, foi o Instagram. O app de compartilhamento de fotos com filtros diferentes já possui cerca de 50 milhões de usuários. Além disso, a rede de TV americana NBC começou a integrar o aplicativo à suas galerias de fotos no site da emissora.

Você acredita que as câmeras e filmadoras perderão espaço? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais