Pesquisadores dizem que vazamentos do Wikileaks podem ajudar a evitar conflitos

Por Redação Olhar Digital - em 17/07/2012 às 17h37

  • WikiLeaks

Resumo: Cientistas analisaram o chamado 'Afghan War Diary' e descobriram que ele poderia ser usado para prever tendências

Um estudo publicado por um grupo de pesquisadores acadêmicos afirma que vazamentos massivos de dados como os do Wikileaks podem ajudar a evitar - em vez de supostamente incitarem – conflitos armados e ações terroristas.

Os cientistas analisaram 77 mil documentos militares secretos do Pentágono que datam de 2004 até 2009 e que foram liberados na internet há dois anos pelo Wikileaks como o 'Afghan War Diary', ou Diário da Guerra do Afeganistão.

De acordo com eles, a abundância de dados poderia ajudar a criar relações entre diversas fontes e permitir que as forças de inteligência conheçam antecipadamente e barrem ataques contra a segurança nacional.

O método desenvolvido pelos acadêmicos cunhou uma variação que foi chamada de volatilidade, e que deve ser levada em conta na análise de cenários. Quanto maior a volatilidade, mais o evento varia nos extremos de paz e guerra e mais difícil é prever o que acontecerá por ali.

Do contrário, uma grande quantidade de dados pode tornar possível observar padrões e imaginar tendências futuras com mais exatidão.

O estudo foi publicado na última segunda-feira pela Academia Nacional de Ciências, cujo grupo de cientistas desenvolveu um método e conseguiu prever com sucesso os níveis de violência no Afeganistão no ano de 2010.

Leia o sumário do estudo aqui.

 



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais