Portal Terra vai transmitir Olimpíada em 36 canais simultâneos ao vivo

Por Stephanie Kohn - em 08/05/2012 às 13h00

  • Esportes
  • Internet
  • Smart TV
  • Smartphones

Resumo: Serão 4.760 horas de vídeo, que poderão ser acessados em diferentes dispositivos como smartphones, tablets e TVs conectadas
The Hub, a nova "rede social olímpica" pretende reunir atletas e fãs em um único site

O portal de notícias Terra apresentou nesta terça-feira (08/05) seu projeto de transmissão para os Jogos Olímpicos de Londres 2012. Na ocasião, o diretor-geral do Terra no Brasil, Paulo Castro, mostrou a plataforma especialmente desenvolvida para a transmissão ao vivo em múltiplas telas de eventos simultâneos.

Segundo o executivo, o projeto, que começou a ser formatado há três anos, vai oferecer 36 canais ao vivo (em HD e em português, espanhol e inglês) de esportes aos internautas, que poderão ser assistidos também em smartphones, tablets e TVs conectadas (por meio do app e no esquema on demand). Outra novidade é a transmissão de conteúdo em 3D, que também poderá ser visto pelas TVs conectadas. No total, o veículo vai cobrir entre 16 a 20 eventos esportivos diferentes por dia, o que resultará em 4.760 horas de imagens. A previsão é que cerca de 40 milhões de pessoas assistam aos vídeos do portal nos mais diferentes dispositivos. 

Para conseguir acompanhar todo o evento, a empresa vai contar com 220 profissionais, que estarão envolvidos diretamente no projeto, sendo que 84 deles estarão fisicamente na Inglaterra. A operação estará localizada em um estúdio de 200 metros quadrados, dentro do International Broadcast Center (IBC), em Londres, centro de mídia dos detentores de direitos de transmissão do evento.

Além disso, o portal também vai contar com mais 4 estúdios em São Paulo, além de mochilas-link - equipamentos que fazem a transmissão ao vivo de imagens através da conexão 3G. Os profissionais vão circular com as mochilas por diferentes pontos da Cidade Olímpica para levar aos internautas um pouco dos bastidores do evento esportivo.

"Essa é a maior cobertura que o Terra já fez em sua história, porque trata-se de um grande evento como a Olimpíada, em seus cunhos cultural, social e político. É a competição esportiva que traz a mais alta tecnologia em todos os níveis", disse Antonio Prada, diretor de conteúdo do Portal. 

A cobertura contará com um time de comentaristas composto por atletas, treinadores, participantes de Olimpíadas anteriores e especialistas nas mais diferentes áreas. Entre os comentaristas, estarão José Montanaro (vôlei), Milene Domingues (futebol feminino), Danielle Zangrando (judô), Carlos Ventura (atletismo), Raimundo Blanco (ginástica artística) e Ricardo Hirsch (triatlo, atletismo e ciclismo). Integrantes da delegação brasileira, Leandro Guilheiro (judô) e Sheilla (vôlei) mostrarão os Jogos pelo ângulo dos atletas.

O portal também escalou especialistas de outras áreas. É o caso de Marcelo Tas, que formará dupla com o cineasta Henrique Goldman (diretor de "Jean Charles"), há 20 anos morando em Londres. A empresária de moda Alice Ferraz vai analisar o estilo e o modo de ser dos britânicos e estrangeiros durante a Olimpíada. Bob Fernandes e o especialista em inovação Silvio Meira falarão sobre a tecnologia neste evento, que está sendo considerado hiperconectado.

Interface

De acordo com Luciane Aquino, gerente de produtos do portal, a interface da transmissão vai oferecer controle total para o usuário. O internauta vai poder escolher o canal que quer assistir em uma barra acima do player do vídeo e, caso queira acompanhar mais de um esporte, poderá acessar uma tela secundária. O áudio de ambos os vídeos poderá ser ouvido ao passar o cursor do mouse por cima das telas.

Além disso, também será possível comentar as partidas com os amigos no Twitter e Facebook, compartilhar o vídeo pelas redes sociais e ter acesso às estatísticas em tempo real. Com o Live Results, o usuário poderá saber detalhes de outras partidas e informações sobre os atletas através de tabelas interativas, que podem ser acessadas direto da tela de vídeo. Nas reprises, haverá ainda uma linha do tempo com marcações dos editores, que mostrarão os principais momentos das partidas. 

Todos as transmissões serão em alta definição, porém, o internauta terá a opção de assistir aos vídeos em qualidades mais baixas. A plataforma do portal consegue identificar automaticamente qual qualidade de vídeo se adequa melhor para a velocidade de conexão de cada internauta. A transmissão do Terra vai começar em 16 de junho, dias antes da abertura oficial do evento, que está previsto para o dia 27 de julho.

Reprodução 



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais