Presidente da Acer aconselha Microsoft a pensar melhor em relação ao Surface

Por Redação Olhar Digital - em 07/08/2012 às 09h08

  • Acer
  • Microsoft
  • surface

Resumo: Executivo acredita que tablet pode prejudicar relações com outras fabricantes

O Surface incomodou bastante fabricantes parceiras da Microsoft, que criticam a companhia por lançar um aparelho que compete diretamente com o que elas fazem. O mais recente comentário foi feito pelo CEO da Acer, JT Wang, que recomendou à Microsoft pensar duas vezes antes de lançar o Surface.

Wang acredita que o tablet próprio da Microsoft pode "criar um grande impacto negativo" ao ecossistema do Windows 8, segundo o Financial Times. Ele lembrou da dificuldade da Microsoft de conseguir balancear hardware e software como motivo. "Não é algo em que vocês [Microsoft] são bons, então pensem duas vezes", disse.

A principal preocupação de Wang está em competir com a Microsoft, o que faz ele questionar o futuro da sua própria empresa. "Se a Microsoft está entrando no negócio de hardware, o que nós devemos fazer?", disse. "Devemos continuar contando com a Microsoft, ou devemos procurar alternativas?", continuou, levantando a possibilidade de a Acer começar a trabalhar com outras plataformas além do Windows.

A decisão da Microsoft de entrar no mercado de hardware com o Surface foi recebida com surpresa por fabricantes tradicionais que sempre trabalham com o Windows, como a própria Acer. Elas ficaram sabendo da existência do tablet apenas alguns dias antes do anúncio público do dispositivo.

Mesmo com os questionamentos de parceiros, a Microsoft vai seguir adiante com o Surface. O tablet será lançado junto com o Windows 8, no dia 26 de outubro. A companhia ainda não anunciou o preço, mas afirma que será compatível com outros tablets disponíveis no mercado.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais