Review: Sony Xperia S

Por Caio Carvalho - em 02/07/2012 às 18h15

  • Sony

Resumo: Novo smartphone da linha Xperia é um celular top de linha que não deixa de lado ferramentas mais comuns e intuitivas

Depois do Xperia Play, a Sony decidiu criar um aparelho mais amplo e com foco em todos os tipos de consumidores - não apenas nos gamers. Com isso, a empresa anunciou no início do ano, durante a CES 2012, uma nova linha com três celulares da família Xperia. Chamada de NXT, a linha de smartphones está sob o novo selo Sony Mobile, uma vez que a companhia desvinculou o nome "Ericsson" de sua marca. Nós testamos o Xperia S, que chegou ao Brasil no meio de junho, e trouxemos até você alguns detalhes do novo top de linha da fabricante.

Design

Reprodução

O Xperia S tem uma tela modesta de 4,3 polegadas Reality Display, com resolução HD de 720p (1.280 x 720). O display não exige muita pressão para ser acionado e, por isso, proporciona ao usuário uma navegação suave e fluida. Já sua carcaça não tem curvas e é ligeiramente mais pesada que os modelos concorrentes. Ele possui 128 mm de altura por 64 mm de largura, 10,6 mm de espessura e 144 gramas. Durante os testes foi inevitável perceber o seu peso acima da média dos celulares atuais, já que usamos o aparelho em diversas situações como deixá-lo no bolso da calça ou da mochila. Mas, este detalhe não atrapalhou muito a atuação do smartphone.

Na parte traseira, ficam alinhados no topo uma câmera de 12 megapixels, o Flash, o micro-fone e o alto-falante do produto, e abaixo o símbolo da extinta Sony Ericsson, que agora não exibe nenhum nome no smartphone. Na parte frontal, estão os clássicos botões dedicados para "Voltar", "Home" e "Opções de Menus", os três produzidos sob um vidro transparente que se acende de acordo com o toque do usuário, e são confortáveis de mexer.

Ainda na parte frontal, estão outra câmera de menor resolução, LED para avisos e o sensor de luminosidade que indica se a bateria está com pouca energia. Acima do dispositivo estão o botão de liga/desliga e a entrada para fones de ouvido, enquanto nas laterais estão os regulares de volume, botão para acesso instantâneo à camera, entrada USB e saída microHDMI. No geral, o design agradou toda a nossa equipe por ser clássico, mas não fugir de características mais contemporâneas. Perfeito para os modernos e até os mais tradicionais.

Sistema e Interface

Assim como os outros aparelhos da Sony, o Xperia S roda o Android 2.3 (Gingerbread). Apesar de ser uma boa versão, a fabricante já anunciou que toda a linha NXT, incluindo o S, vão receber atualização para o Android 4.0 (Ice Cream Sandwich), o modelo mais recente do sistema operacional. Mas, o uso do Gingerbread é tão simples e sem segredos que não demora muito até você se acostumar com a interface do software: itens com fontes mais leves, posicionados em colunas e que podem ser personalizados à sua maneira.

O teclado sensível ao toque é outro ponto importante, pois respondeu muito bem em nossos testes. Para quem gosta de desenhos, o Xperia S traz uma boa lista de emoticons que podem ser adicionados às suas mensagens de texto ou e-mail.

O produto ainda vem com memória interna de 32 GB, processador dual-core de 1,5 GHz da Qualcomm e conectividade Wi-Fi e 3G. Mas, suas novidades ficam por conta do GPS, sistema de mapas e geolocalização que já vem embutido no aparelho, e suporte a NFC (Near Field Communication), uma tecnologia que, apesar de ser pouco usada no Brasil, permite transformar o celular em um pequeno terminal eletrônico para realizar pagamentos e transações bancárias, além de compartilhar arquivos com outros aparelhos. Apesar de um recurso recente nos smartphones, o NFC do Xperia S funcionou super bem quando precisei passar alguns arquivos de um celular pra outro, além de ter sido ágil e não ter gerado nenhum problema na hora de copiar os dados.

Tela e bateria

O Sony Xperia S possui uma tela de 4,3 polegadas com 1.280 x 720 pixels de alta resolução e conseguiu impressionar a todos. Não só porque soube exibir muito bem vídeos, fotos e as próprias ferramentas, mas também porque vem equipada com uma tecnologia exclusiva da Sony, o Reality Display com Mobile Bravia Engine. A tecnologia é essencial para a reprodução de conteúdo HD e boa visualização dos gráficos.

Já a bateria de 1750 mAh também superou nossas expectativas. Com quase todos os aplicativos abertos e reproduzindo vídeos em alta definição, ao mesmo tempo, o Xperia S durou cerca de cinco horas e meia seguidas, e ainda nos restou 11% de bateria para uso. É claro que a maioria das pessoas não vai usar o smartphone por todo esse período sem parar, mas já é um tempo suficiente para estar com o celular na mão, todos os dias, sem se preocupar com a bateria.

Multimídia

Reprodução

O apelo da Sony para música e jogos sempre foi muito presente em seus dispositivos, desde os televisores da linha Bravia até aos consoles do PlayStation. E no Xperia S não será diferente. O foco, desta vez, é na conectividade entre múltiplas plataformas e acesso facilitado a várias redes sociais.

No "TrackID", por exemplo, o usuário pode gravar músicas da televisão ou de um alto-falante externo para conseguir informações sobre aquela faixa em específico ou do artista. Em "Música e Amigos", depois de se conectar com sua conta do Facebook, é possível sincronizar os dados do aparelho para postagem direta do que você está ouvindo, buscando ou assistindo. O player de música é fácil de usar, seja na hora de criar novas listas de reprodução ou montar álbuns das suas bandas preferidas. A Rádio FM também funcionou muito bem entre uma estação e outra.

O "Timescape" é outro recurso intuitivo do Xperia S. Trata-se de uma janela dedicada às redes sociais como o Facebook, Twitter e Orkut, que organiza os conteúdos em forma de slides. Há ainda um aplicativo nativo do aparelho chamado "Office Suite" que visualiza e edita arquivos do Word, Excel, Powerpoint e até no formato PDF.

Já com o app "ASTRO", também nativo do Xperia S, você organiza pastas, subpastas e arquivos do smartphone e, com o "Preview", você tem uma rede social própria do Xperia que contém resumos de notícias e aplicativos que podem ser baixados na loja da Google Play. 

Outros serviços como o Evernote, leitor de QR codes, contador, cronômetro, relógio mundial, aplicativos dedicados ao clima e gravador de voz também estão presentes e funcionam muito bem.

Por último, mas não menos importante, estão um app para economizar a energia e uma função de captura de tela embutida. Basta pressionar o botão de desligar, na parte superior do celular, e esperar a opção de captura de tela aparecer. Assim como funciona no iPhone. 

Câmeras

Se podemos resumir um ponto essencial no Xperia S, este seria, sem dúvida, suas funções de câmera. Mesmo sem possuir poderosas ferramentas como as famosas lentes Carl Zeirs, o smartphone não decepciona com seus 12 megapixels e imagens com até 4.000 x 3.000 de resolução.

As fotos apresentam pouquíssimo nível de granulação e, em nossos testes, tanto com baixa ou muita luminosidade, ficamos surpresos com a qualidade vinda do produto. Isso sem contar uma função 3D, mas que, diferente da câmera tradicional, não apresenta um mecanismo eficaz e de fácil manuseio.

O mesmo vale para a captura de vídeo em até 1080p, assim como para a câmera frontal de 1,3 megapixels. A resolução não é das melhores, mas é o suficiente para a realizar videoconferências ou gravações em que o próprio usuário necessite aparecer nas fotos ou filmagens.

Conclusão

Com uma boa seleção de serviços, integração com diversos aparelhos e câmeras bastante eficientes, o Xperia S é um smartphone top de linha, mas não abandona ferramentas mais comuns. Desde o lançamento do Xperia Play, um smartphone da Sony não surpreendeu tanto por apresentar recursos mais intuitivos - mesmo que, de fábrica, rode o Android 2.3 Gingerbread e seja mais pesado que seus concorrentes, no aspecto físico. Se você gosta da Sony e busca por um aparelho conectado e cheio de funcionalidades, o S é uma excelente indicação.

O Sony Xperia S está à venda no Brasil pelo preço sugerido de R$ 1.799 e pode ser atualizado para a versão mais recente do Android, a Ice Cream Sandwich (4.0). Veja abaixo as especificações completas do dispositivo:

- Tela de 4,3 polegadas Reality Display com Mobile Bravia Engine e reslução HD de 720p (1280 x 720);
- Processador dual-core da Qualcomm de 1,5 GHz;
- Sistema operacional Android 2.3, com possibilidade de atualização para o 4.0 (Ice Cream Sandwich);
- Câmera traseira de 12,1 megapixels com auto-foco, zoom digital de 16x e Flash LED;
- Câmera frontal de 1,3 megapixels;
- Gravação de vídeos em HD (1080p);
- Bateria de 1750 mAh;
- 32GB de memória interna;
- Conectividade, Wi-Fi, 3G, Bluetooth e suporte a NFC (Near Field Communications);
- Entradas para fones de ouvido, microHDMI e USB;
- Preço sugerido de R$ 1.799 (desbloqueado).

Se você tem um Xperia S e quer dividir com a gente sua opinião, escreva nos comentários abaixo. 



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais