Roteador quântico pode mudar a comunicação via internet

Por Redação Olhar Digital - em 03/08/2012 às 19h00

  • física
  • inovação
  • Tecnologia

Resumo: Descoberta de pesquisadores chineses abre caminho para a internet quântica

Pesquisadores da universidade chinesa de Tsinghau anunciaram uma descoberta que promete revolucionar a internet: o primeiro roteador quântico. Há muito tempo estuda-se a possibilidade de o futuro da internet ser relacionado à física quântica, mas o dispositivo criado pelos acadêmicos é um dos primeiros passos práticos nesta direção.

A computação quântica altera significativamente o modo como enviamos e recebemos dados: em vez de mandar apenas os zeros e uns do código binário, será possível enviar informações em uma sobreposição de estados que representam zeros e uns ao mesmo tempo.

Até agora, a leitura de um sinal quântico o destruía, tornando impossível que o roteador usasse os dados.

A criação dos pesquisadores cria um fóton quântico, uma sobreposição de dois fótons separados e com polarizações diferentes. Tal partícula é dividida em dois fótons com menos energia e que compartilham a mesma polarização dupla, o que permite que um roteador leia os dados de um fóton e o destrua, mas que seu clone chegue ao destino final.

Por enquanto, trata-se apenas da comprovação de um conceito, mas no futuro esse tipo de comunicação quântica via internet pode se tornar parte da nossa rotina e alterar como distribuímos e consumimos informação.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais