Sabia que estrábicos não enxergam imagens em 3D?

Por Stephanie Kohn - em 29/12/2011 às 10h00

  • 3D
  • Nintendo 3DS
  • Saúde
  • TV

Resumo: Mesmo pessoas que fizeram operação para corrigir o desvio ainda têm dificuldades de ver imagens em três dimesões. Descubra o motivo

Você sabia que nem todos conseguem ver filmes e imagens em 3D (três dimensões)? Poucos sabem, mas uma pessoa estrábica não tem capacidade de enxergar a terceira dimensão com a mesma intensidade que alguém com a visão normal.

O doutor Edimilson Mariano, oftalmogista do Hospital São Luiz, explica que a perda da "estereopsia" é o que limita a pessoa estrábica a enxergar imagens em 3D. Essa palavrinha de nome estranho é a responsável por medir as diferenças das imagens captadas por cada olho, individualmente, e fundi-las. Com a falta dela a pessoa perde a sensação espacial das imagens e da profundidade dos objetos no campo visual.

“A estereopsia tem a capacidade de direcionar a distância e, nas imagens em 3D, essa profundidade é ainda menor do que na vida real. Por isso a pessoa estrábica pode nem perceber essa filmagem”, explica do doutor.
O oftalmologista conta que mesmo a cirurgia de estrabismo não corrige o problema, pois trata-se de um procedimento apenas estético para evitar que o olho fique torto.

Dênis R. de Oliveira, um leitor do Olhar Digital, conta que tem estrabismo desde criança e já fez duas cirurgias para corrigir o desvio nos olhos. Hoje, quase não percebe o estrabismo de Oliveira, mas, ainda assim, as imagens em três dimensões são imperceptíveis para ele. “Testei a tecnologia em um estande da Sony. Eu olhei para imagem da TV 3D a olho nu e, em seguida, coloquei os óculos e nada. Aquela imagem duplicada virou uma imagem normal como de qualquer televisor", relata. Ainda segundo ele, os profissionais que estavam apresentando o produto chegaram a verificar se os óculos estavam com defeito, "e eu percebi que o problema era eu”, conta.

O estrabismo nada mais é do que uma deficiência do desenvolvimento normal do sistema visual, por isso que quando ela é identificada precocemente ainda há chances de recuperação. O oftalmologista relata que o procedimento comum nesses casos é tampar o olho sadio para estimular o nervo do olho com problema.

Então, se você é dessas pessoas que não conseguem enxergar imagens em 3D, não fique preocupado, isso é mas comum do que se imagina. O jeito é assitir os filmes em 2D e, caso esteja diante de imagens em terceira dimensão, coloque os óculos apenas para não ver as cenas do filme um pouco duplicadas.


Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais