Samsung atualiza TVs e força usuários a verem anúncios

No mundo da tecnologia, existe a máxima de que “se você não paga por um produto, você é o produto”, para justificar os serviços gratuitos suportados por anúncios. É uma proposta justa: o desenvolvedor consegue uma forma de monetização que não tira dinheiro do usuário, que acaba contribuindo com seu tempo. Mas e quando você pagou por um produto e é bombardeado por anúncios da mesma forma?

É o que está acontecendo com novas Smart TVs da Samsung. A empresa começou a liberar uma atualização de software que faz com que os consumidores precisem ver anúncios para poder usar o televisor conectado, pelo qual já pagaram, e provavelmente não foi barato.

O fato foi revelado pelo AdAge, indicando que os anúncios são razoavelmente pequenos, mas podem chegar a ocupar até 75% da tela quando destacados pelos usuários.

Reprodução

Quando contatada, a empresa não negou a ação. “Estamos sempre procurando formas de melhorar a experiência de assistir TV. Usuários podem optar por não receber (opt-out) estes anúncios baseados em interesses a qualquer momento nas configurações do menu de sua TV e ainda acessar todos os recursos smart de suas TVs”, diz o comunicado da empresa enviado à publicação.

Você pode perceber que o texto foi cuidadosamente escrito para deixar algumas coisas sub-entendidas. Você não pode cancelar os anúncios, apenas pode evitar que eles sejam baseados no seu interesse. Além disso, o fato de que você ter que ativamente optar para sair significa que muitos nunca realizarão essa ação, já que são poucas as pessoas que procuram os ajustes de seu televisor.

Este é o tipo de ação para gerar receita que pode ter um efeito contrário ao esperado para Samsung. Ao influenciar negativamente a experiência dos usuários para receber alguns trocados, a empresa também pode perder clientes fiéis que na próxima vez que comprarem um televisor vão procurar outra marca que não tente empurrar publicidade em um produto que já foi pago.

A solução nestes casos é usar uma alternativa defendida por nós do Olhar Digital: não use uma Smart TV; prefira uma televisão burra e use um Chromecast ou uma set-top box como uma Apple TV, que são muito mais eficientes do que qualquer sistema operacional de TV. Se seu televisor for smart, mesmo assim, mantenha-o desconectado da internet e prefira usar os dispositivos já citados.

Via AdAge





RECOMENDADO PARA VOCÊ