Tablet da Microsoft: a companhia estaria fazendo a coisa certa?

Por Redação Olhar Digital - em 18/06/2012 às 18h20

  • Microsoft
  • TABLETS

Resumo: Analistas de mercado avaliam até que ponto lançar um dispositivo próprio pode ser benéfico ou prejudicial à empresa

Faltando poucas horas para a Microsoft anunciar algumas novidades, os rumores sobre o que será divulgado começam a aumentar. Há quem diga que a empresa lançará um tablet próprio, supostamente batizado de Xbox Surface. Além das funções tradicionais, o aparelho teria um foco maior no mundo de jogos eletrônicos e viria com uma série de opções interativas.

A questão é: até que ponto lançar um tablet próprio pode ser benéfico ou prejudicial à companhia? O analista David McQueen afirmou em entrevista para o Mashable que a Microsoft segue o mesmo caminho da Apple e Google no que diz respeito a vender os próprios produtos (software, hardware e aplicativos), mas ressalta que a empresa precisa ter algumas precauções para evitar quedas futuras, como se certificar de não perder o ritmo de comercialização do dispositivo.

Já o preço também será um fator decisivo para o sucesso do aparelho e pode determinar se a entrada da Microsoft no mercado de tablets será duradoura ou apenas passageira. Segundo o analista Salman Chaudhry, a companhia precisa ultrapassar a barreira da exclusividade, ou seja, permitir que o produto seja livre e ofereça recursos e valores acessíveis para todos. "Qualquer tablet com ferramentas do pacote Office, funcionalidades do Xbox e uma linha de qualidade de apps deve ser vendido por menos de US$ 500 (cerca de R$ 1.029)", declarou.

Além disso, outro fator fundamental para Chaundhry é que a Microsoft continue sua parceria com grandes investidores e, assim, conquiste uma fatia maior do mercado, ao invés de criar o próprio sistema físico do produto. "Ela [a Microsoft] precisa maximizar e cultivar uma boa estratégia com fabricantes de equipamentos e superar o desafio de desenvolver um hardware próprio".

Apesar das expectativas apontarem para um tablet, há quem diga que a conferência deverá anunciar novas ferramentas para o Xbox. "Acredito que o evento está ligado ao lançamento de algum tipo de conteúdo para o Xbox ou até mesmo para os tablets, e não para um dispositivo próprio da Microsoft", afirmou Carolina Milanesi, vice-presidente de pesquisa de tecnologias do Gartner.

E você? O que acha que a Microsoft irá anunciar logo mais? Vamos descobrir tudo às 19h30 (horário de Brasília) aqui no Olhar Digital. Fique de olho e acompanhe aqui a nossa cobertura completa do anúncio.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais