Trânsito pode virar fonte de energia

Por Redação Olhar Digital - em 30/03/2009 às 16h00


Resumo: Primeiro programa piloto deve começar nos próximos meses

Se você pensa que o trânsito serve somente para te aborrecer e atrasar, está enganado. A Innowattech, companhia de energia afiliada ao Instituto de Tecnologia Technion de Israel, informou que geradores especiais instalados embaixo das rodovias, estradas de ferro e trilhos, podem armazenar energia suficiente dos veículos que transitam nas vias para produzir eletricidade em massa.

De acordo com a companhia, os geradores contêm material que produz eletricidade mediante a aplicação de força mecânica, como a pressão dos pneus dos carros de passagem. O processo, conhecido como piezeletricidade, tem sido usado há anos em pequena escala, incluindo aparelhos como churrasqueiras e pisos de danceterias que acendem a cada passo.

Uri Amit, presidente da Innowattech, afirmou que a tecnologia da companhia será a maior aplicação de piezelétrica até agora, com uma única faixa de um quilômetro de estrada fornecendo até 100 quilowatts de eletricidade, energia suficiente para abastecer cerca de 40 casas. "Nós podemos produzir eletricidade em qualquer lugar onde haja uma estrada agitada usando energia que normalmente é desperdiçada", explicou Amit.

Apesar de inovador, o projeto pode ter obstáculos, como o de encontrar um modo de acondicionar os geradores para que sejam eficazes quando enterrados nas estradas. O cientista-chefe da companhia, Eugeny Harash, desenvolveu um recipiente que age como asfalto. Os geradores são então colocados na rodovia durante trabalhos de manutenção programados em 30 cm².

"Os asfalto é elástico e a pressão de cada pneu é apanhada pelo gerador, que é enterrado a cerca de 3 cm abaixo da superfície da estrada", disse Harash. "Os motoristas nem mesmo sentirão diferença".

O material piezelétrico dura pelo menos 30 anos, bem mais do que a maioria das rodovias, completou ele. A companhia informou que a meta do custo de geração é de 3 a 10 centavos por quilowatt/hora, dependendo da intensidade do tráfego.

O primeiro programa piloto deve começar nos próximos meses em uma faixa de 30 m de uma rodovia fora de Tel Aviv, e projetos similares de âmbito internacional podem surgir em 2010.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais