Widgets do Orkut chegam ao Brasil na quinta

Por Redação Olhar Digital - em 09/07/2008 às 10h58

  • Aplicativos
  • redes sociais
  • Widgets

Resumo: Até dia 14, todos os usuários brasileiros devem ter acesso aos aplicativos

O Google vai iniciar, nesta quinta-feira, 10 de julho, a oferta no Brasil de aplicativos que acrescentam diversas funções ao Orkut, rede social com cerca de 30 milhões de usuários no país. A disponibilidade será feita de forma gradual entre os internautas e, segundo o Google, deve ser concluída para todos os brasileiros cadastrados no site até o dia 14.

Em sua estréia, o diretório de aplicativos terá apenas 20 ferramentas em português. Mas os internautas do Orkut também poderão acessar os chamados widgets disponíveis em outras línguas, que somam cerca de 300.

Os widgets foram popularizados pelo Facebook e criam inúmeras funções a sites de relacionamento: permitem mostrar quais seus filmes favoritos, quais livros já leu, as línguas que fala, os países para onde já viajou e os games que joga, por exemplo.

Entre as ofertas específicas para brasileiros no Orkut, há opções de entretenimento (“OYO Cinema&TV”, “Vou, Não Vou”, “Classificar meus amigos”, “Meu mapa do Brasil”), esportes (“GloboEsporte.com”, “Torcida”, “Soccer Bets”, “Joga TV”, “Futebol Social Clube”), game (“Crazy Story Game”, “Strategy Game – Civilization”), música (“Minha Música”, “Sonora”, “Jukebox”, “iLike”, “Ciberserenatas”), notícias (“OrkuTimes”) e religião (“Bible Verses”).

Em alguns meses, a empresa espera que as ofertas em português cheguem a centenas. “A disponibilização de conteúdo será mais restrita no começo, pois queremos que o primeiro contato do usuário com essa novidade seja realmente impressionante”, afirmou Eduardo Thuler, gerente de produto para o Orkut.

A partir de quinta-feira, os usuários começarão a encontrar os aplicativos do lado esquerdo de seu perfil, onde hoje aparece um menu com recados, fotos, listas e mensagens, entre outras opções. Ao clicar em aplicativos (ou “apps”), o internauta será direcionado a uma página com diversas dessas ferramentas, exibidas inclusive em rankings (mais populares e mais recentes). Quando opta por se juntar a um desses aplicativos, o usuário pode ou não notificar seus amigos sobre essa ação.

Apenas três dessas ferramentas serão exibidas com destaque no perfil do internauta, na área inferior, onde atualmente é possível ver as fotos e vídeos recentemente adicionados. O próprio usuário escolhe quais opções ficarão em destaque. Os demais widgets serão listados nesse menu à esquerda, evitando assim que a página fique muito poluída, como acontece com o Facebook.

Desenvolvedores

Criadas por desenvolvedores, os aplicativos precisam ser oferecidos ao Google aqui e, antes de serem disponibilizadas no Orkut, elas passam por testes que verificam sua segurança, velocidade de carregamento e facilidade de uso. Essas ferramentas devem seguir um padrão chamado de OpenSocial, promovido pelo Google para facilitar a criação de widgets – MySpace, LinkedIn, hi5, Friendster, Plaxo e Ning também usam essa plataforma.

Qualquer desenvolvedor pode oferecer suas criações para serem usadas no Orkut. Caso passem pelos testes do Google e sejam aprovadas – processo que deve levar até uma semana, segundo a empresa --, os criadores podem inclusive lucrar com suas invenções. Para isso, é necessário que pensem em alguma forma de ganhar dinheiro, como exibir anúncios junto às aplicações, como fazem os blogs que usam o sistema de anúncios Adsense, por exemplo.

Nenhum anúncio deve ser disponibilizado no perfil do internauta: eles só podem aparecer quando o usuário entra na página específica daquele aplicativo. No caso de um widget não ser aprovado -- por usar anúncios de forma inadequada ou criar brechas de segurança no site, entre outros casos --, o Google diz orientar os desenvolvedores sobre as modificações necessárias para a aprovação.



Recomendações
Ver todas
Últimos vídeos
Ver todos
Redes Sociais