Em 2015, Google deixou de ser dono do Google

A mudança não tem a ver com tecnologia: é uma alteração administrativa – nesse ano, o Google deixou de ser dono do Google ao criar uma empresa para ser mãe de todas as outras, a Alphabet.

O movimento é consequência do gigantismo do Google. A empresa cresceu tanto que os controladores acharam por bem criar uma nova entidade, apenas para controlar a divisões que, agora, podem se transformar em empresas separadas. Uma delas, aliás, está pronta para ir para as ruas.

Literalmente. A divisão de automóveis do Google – responsável pelos carros autônomos – deve se tornar uma empresa independente. E um dos primeiros produtos que ela deve colocar no mercado já em 2016 é um concorrente para a UBER.

Isso mesmo: o polêmico serviço de carona remunerada vai ganhar mais um concorrente – agora com a marca do Google. Dor de cabeça a UBER e, também, para os taxistas do mundo inteiro.



RECOMENDADO PARA VOCÊ