Mídia programática muda publicidade: saiba do que se trata

Imagine então ser identificado e receber uma propaganda dirigida a você em um outdoor, por exemplo? Ou ainda, durante a programação da TV, o anunciante te chamar pelo nome! Já pensou? Acredite, na internet isso já acontece há algum tempo. A publicidade chama a novidade de mídia programática.

Neste formato de compra de espaço publicitário – seja onde for – o foco é total no perfil do público alvo daquela marca. A tecnologia, usando coleta e análise de dados aliadas a uma série de ferramentas, dá suporte para que as empresas consigam encontrar com precisão as pessoas certas no mundo online.

Pense em uma página com conteúdo esportivo, por exemplo. Qualquer um que acesse aquele canal receberia exatamente a mesma publicidade comprada por uma determinada marca. Com a mídia programática, a tecnologia avalia instantaneamente quão interessado em esporte aquela pessoa do outro lado da tela realmente é para saber se ela é mesmo alvo da sua campanha publicitária antes de exibir o anúncio. Se não for, provavelmente ela será impactada por outro tipo de propaganda.

A grande mudança pode ser simplificada assim: se antes os anunciantes compravam espaços nos veículos de comunicação, agora eles compram audiência. E se as empresas têm mais chance de converter suas propagandas em vendas ou de fortalecer suas marcas, nós consumidores, mesmo sem perceber, também saímos ganhando...

O mundo programático da publicidade ainda é bastante novo. Na internet ele já ganhou força; engatinha no Brasil, mas já é sucesso absoluto nos Estados Unidos. O interessante é que aquele cenário de ter um outdoor conversando especificamente com você ou até comerciais de TV direcionados já é realidade fora daqui...

Agora se você não é publicitário, mas tem interesse pela área de TI, a mídia programática traz mais uma boa notícia: a demanda por profissionais especializados é cada vez maior. E, claro, ainda não há gente suficientes trabalhando com isso; aliás, no Brasil, apenas alguns cursos começaram a surgir recentemente sobre o tema.

Então chega de propaganda do Corinthians para palmeirenses; ou vice-versa. As empresas acertam mais, nos incomodam menos – a gente recebe uma publicidade mais interessante e, se fizer parte do mundo da TI, até dá para aproveitar a oportunidade e dar um “up” na carreira profissional. Quer mais?!...



RECOMENDADO PARA VOCÊ