Embed Apagar a luz Acender a luz Publicado em 15/07/2012 às 15h45
Copie e cole o código abaixo para compartilhar ou incorporar o vídeo.
<iframe src="http://olhardigital.uol.com.br/embed/como-anda-o-mercado-de-compras-coletivas/27741" frameborder="no" scrolling="no" width="460" height="290"></iframe>
FECHAR

Como anda o mercado de compras coletivas

  • Compras
  • compras coletivas
Vídeos relacionados
Ver todos


"Muitas pessoas acharam que era muito fácil abrir um site de compras coletivas. Não é tão difícil a parte do software e achavam que era só bater na porta de alguns estabelecimentos e pronto. Realmente, abrir não é tão difícil, o difícil é crescer e fazer investimento de marketing necessário, reunir usuários e criar uma estrutura por trás, dentro do escritório, que vá garantir a precisão das ofertas", comenta Emerson Andrade, sócio-fundador do Peixe Urbano. 

"Estamos sempre orientado para que o consumidor não se deixe levar por este ritmo frenético da internet e procure pesquisar, tanto o que está comprando como preços e fornecedor", sugere Fátima.

"Esse movimento que estamos vendo agora de consolidação, de empresas saindo do mercado e outras aquisições, é bom. Com isso, ficam mais pessoas focadas em prestar um serviço de melhor qualidade", comenta o sócio-fundador do Peixe Urbano. 

Página 1/198
<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 > >>
Página 1/4
<< < 1 2 3 4 > >>
Últimas notícias
Ver todas