Embed Apagar a luz Acender a luz Publicado em 08/04/2012 às 15h45
Copie e cole o código abaixo para compartilhar ou incorporar o vídeo.
<iframe src="http://olhardigital.uol.com.br/embed/faca-uma-viagem-virtual-por-museus-e-galerias-com-o-art-projeto,-do-google/25351" frameborder="no" scrolling="no" width="460" height="290"></iframe>
FECHAR

Google Art Project chega ao Brasil. Faça uma viagem virtual por museus e galerias!

  • Fotografia
  • Fotografia digital
  • Google
  • Google Street View
Vídeos relacionados
Ver todos


Esta semana, o Museu de Arte Moderna de São Paulo e a Pinacoteca do Estado de São Paulo passaram a fazer parte desse projeto com quase 200 obras nacionais digitalizadas. O objetivo, além de levar mais cultura para a web, é criar a oportunidade para pessoas do mundo inteiro conhecerem esses acervos. O "Art Project" é uma nova forma de interação com a arte e complementa as visitas aos mais renomados museus mundo afora.

Mais do que as obras em alta resolução, o projeto permite que o visitante virtual faça um passeio dentro dos museus, sala por sala. Assim, é possível conhecer exatamente onde cada peça está localizada. Mas, tão bacana quanto visitar virtualmente essas salas, é saber como essas imagens são produzidas!

Tudo é feito com este "trolley", um carrinho que possui quinze câmeras de alta definição em 360º, e recria o ambiente usando exatamente a mesma tecnologia do "Street View". Algumas imagens atingem os 7 bilhões de pixels, suficiente para aproximar o zoom e ver detalhes até da tela usada pelo artista. São detalhes que você talvez nem visse, mesmo que estivesse de frente para o quadro.

Alessandro Germano, gerente de novos negócios do Google, comenta que "você tem essa impressão quando está navegando na ferramenta e consegue girar e olhar para cima ou para baixo". Ele explica que, "além disso, há no carrinho três feixes de laser, um na frente e um de cada lado". Alessandro explica que eles servem para criar uma noção de distância até uma parede, obstáculo ou obra. Os lasers também ajudam quem está "pilotando" o carrinho: "A pessoa consegue navegar sem precisar se preocupar tanto com o trajeto ou com a ação de olhar para o trajeto", diz.

Esse mesmo laser serve também para detectar a profundidade de algumas esculturas e dar ainda mais realismo às imagens captadas. Interessante é que o "Art Project"não se limita somente a museus e galerias de arte.

Alessandro diz que no próprio MAM, há o exemplo da escultura dos gêmeos, que fica do lado de fora do museu. Assim como há palácios e até a Casa Branca, nos EUA, que "não é tecnicamente um museu, mas é uma galeria de arte", explica: "Temos exemplos mais radicais, como uma galeria de arte rupestre nas rochas, na África do Sul, que fica totalmente ao ar livre e que também está no projeto".

No "Art Project", o visitante pode navegar pelas obras usando o nome do artista, museu, país de origem e até pelo período histórico da peça. O serviço já está integrado com as redes sociais Google Plus e também com o Facebook. A ideia é que os usuários criem e compartilhem suas próprias galerias.

Quer viajar você também e conhecer, além dos museus nacionais, acervos como o MoMa, em Nova York ou o Palácio de Versailles, na França? Junto ao texto desta matéria nós separamos o link para você fazer essa turnê cultural online. Divirta-se!
Últimas notícias
Ver todas