Embed Apagar a luz Acender a luz Publicado em 27/05/2012 às 15h45
Copie e cole o código abaixo para compartilhar ou incorporar o vídeo.
<iframe src="http://olhardigital.uol.com.br/embed/intel-isef-conheca-os-participantes-da-feira-de-ciencias-pre-universitaria-/26453" frameborder="no" scrolling="no" width="460" height="290"></iframe>
FECHAR

Intel ISEF: conheça os participantes da feira de ciências pré-universitária

  • Intel


Além de inteligentes, esforçados e vencedores, esses jovens estudantes têm outra coisa em comum: uma ansiedade que já não cabe no peito. "Estou com uma expectativa muito grande, mas acho que vai dar tudo certo e eu vou conseguir representar bem meu país lá", comenta Caio Terlus, estudante.

Junto com o Caio outros 29 alunos representarão os 18 projetos selecionados para disputar a edição anual da Intel ISEF, a maior feira de ciências pré-universitária do mundo. Esses jovens garantiram a vaga ao participarem das duas principais feiras nacionais de ciências e tecnologia; a Febrace, em São Paulo, e a Mostratec, no Rio Grande do Sul.

No ano passado, esta dupla conquistou o segundo lugar na categoria bioengenharia. Os estudantes de Novo Hamburgo desenvolveram o “REVO FOOT”, uma prótese ortopédica de baixo custo produzida com material reciclável; principalmente garrafas PET.

"Ela é muito similar a uma prótese de fibra de carbono, que tem um valor mínimo de R$ 7 mil no mercado, mas possui um custo bem mais em conta. É ideal para um paciente com poucas condições financeiras", explica Lucas Ferreira, estudante.

O projeto do Leonardo vai pra a ISEF pela terceira vez. Neste período, ele evoluiu muito suas pesquisas na busca de novos fármacos a partir da teia de aranha. Isso mesmo: na teia de aranha, ele descobriu substâncias com capacidade de combater micróbios, vírus e até tumores.

"Na realidade eu não trabalho com a teia de aranha, mas com os resíduos que as aranhas depositam em cima desta teia. A teia uita gente trabalha, mas o que a aranha coloca ali ninguém nunca trabalhou", ressalta Leonardo Bodo, estudante.

Mas os grupos que retornarão à ISEF, que este ano será realizada em Pittsburgh, nos Estados Unidos, são minoria; apenas três. Os outros 15 projetos são trabalhos novos que terão sua primeira chance neste evento, que conta com cerca de mil e quinhentos estudantes de 65 países diferentes.

"O importante disso é mostrar a renovação, mas gente está chegando ao nível de poder competir no Intel ISEF e isso pro Brasil é muito legal", diz Rubem Saldanha, gerente de Educação da Intel. 

Outro diferencial este ano é que existem projetos em praticamente todas as áreas. Mas o foco principal da maioria desses jovens ainda é a saúde pública.

"Há uma inquietação nestes jovens, que não estão preocupados em fazer apenas produtos tecnológicos, eles querem desenvolver tecnologia e fazer ciência para melhor a vida das pessoas. Isto tem sido muito presente nos projetos apresentados", comenta André Luís Viegas, coordenador da Mostratec. 

Lá nos Estados Unidos, esses brasileiros vão concorrer a prêmios em dinheiro e bolsas de estudos nas mais renomadas universidades do mundo. Outra unanimidade por aqui é que só ser escolhido para participar da ISEF já é uma grande vitória. No ano passado, com 11 projetos vencedores, a delegação brasileira teve o maior número de premiados da América Latina.

Graças a esses resultados e esforços de patrocinadores, o Brasil tem investido cada vez mais nos seus novos talentos. E hoje, há um decreto que vai facilitar o caminho de quem também deseja chegar lá...

"O Ministério da Ciência de Tecnologia, o Ministério da Educação, a Capes e o CNPQ se juntaram para lançar um edital que está fazendo com que a gente consiga ter feiras no país afora. São feiras estaduais, municipais e regionais que agora credenciam para Febrace e Mostratec para que a gente possa levar toda essa inteligência, criatividade e curiosidade dos alunos lá para fora. Dessa forma, eles percebem que são tão bons quanto os outros", finaliza Roseli Lopes, coordenadora da Febrace.

Quer participar você também? Ou incentivar alguma jovem mente brilhante? Veja acima os links das principais feiras de ciências nacionais que levam a ISEF, nos Estados Unidos.

Página 1/199
<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 > >>
Página 1/4
<< < 1 2 3 4 > >>
Últimas notícias
Ver todas