Embed Apagar a luz Acender a luz Publicado em 01/04/2011 às 15h45
Copie e cole o código abaixo para compartilhar ou incorporar o vídeo.
<iframe src="http://olhardigital.uol.com.br/embed/laboratorio_digital_comparamos_tres_modelos_de_filmadoras_descubra_a_melhor/17111" frameborder="no" scrolling="no" width="460" height="290"></iframe>
FECHAR

Laboratório Digital: comparamos três modelos de filmadoras. Qual é a melhor?

  • Filmadoras


O Laboratório Digital desse mês avaliou os modelos de filmadoras mais acessíveis do mercado, mas que, apesar do preço baixo, não abrem mão da qualidade. Três marcas se encaixaram nesse perfil: a JVC, com o modelo GZ-MS110; a Panasonic, com o SDR-T51; e a Samsung, com a filmadora SMX-CC200. A primeira observação vai para o tamanho dos aparelhos. As câmeras evoluíram muito: todas cabem na palma da mão e pesam cerca de duzentos gramas! Ou seja, são super portáteis e fáceis de levar para qualquer lugar.

Bateria

Nada mais chato que perder uma imagem simplesmente porque a bateria acabou. Por isso, consideramos esse item super importante. Aqui, quem se deu bem foi a Samsung. O equipamento da coreana gravou firme e forte durante 2 horas e quarenta minutos. Um pouco mais atrás, ficou a JVC: 2 horas e 5 minutos. Já a Panasonic ficou na lanterna, com apenas 1 hora e 40 minutos.

Memória

Todas os modelos testados trazem cartões de memória. Ou seja, você pode comprar os tamanhos que melhor se encaixam ao seu bolso e ao seu uso. A exceção ficou por conta da Panasonic. Além dos slots para os cartões, ela oferece também 4 GB de memória interna. Um recurso bem legal, que dá a vitória ao equipamento nesse quesito, já que 4 GB são suficientes para gravar cerca de 1 hora e quarenta minutos de vídeo em resolução normal.

Aproveitando, fica a dica: quando você comprar um equipamento como esse, não se esqueça de levar junto um cartão de memória. Se não, você vai chegar em casa e ter a experiência frustrante de não poder usar o brinquedo novo.

Lentes e Zoom

Acredite, esse é um dos itens mais importantes na hora de escolher uma filmadora. Afinal, o conjunto de lentes é um dos principais diferenciais hoje em dia entre uma filmadora e um smartphone que também grava vídeos. As lentes maiores garantem mais qualidade e mais zoom.

Aqui vale outra dica: preste especial atenção no zoom óptico. Ele é o mais importante porque é feito pelo conjunto de lentes e não pelo software. Nesse assunto, quem se deu melhor foi a Panasonic. Suas lentes oferecem um zoom de até 70x. Em segundo lugar ficou a JVC, com 39x. Aqui, a Samsung ficou na lanterna, com um zoom de apenas 10x.

Também existe o zoom digital. Com ele não existe uma ampliação real, mas sim uma simulação por meio do software interno da câmera. Por isso os valores são bem mais altos e, no nosso teste, variaram de 800x, no caso da JVC, a 3500x, no caso da Panasonic. Mas não se iluda porque, nas ampliações maiores, a imagem se distorce, além de ser praticamente impossível manter a estabilidade.

Um outro detalhe que também tem a ver com as lentes é a possibilidade de tirar fotos. Apesar de não ser  o objetivo dessas máquinas, com exceção da JVC, as demais também funcionam como câmera fotográfica. Mas, a qualidade não é das melhores. A menos ruinzinha é a Samsung que faz fotos com 1.9 megapixels. Cá entre nós, uma qualidade que serve apenas para a internet.

Preço

Essas câmeras estão entre os modelos mais acessíveis do mercado. Os valores foram pesquisados durante o mês de março de 2011. A mais em conta é a Samsung, por R$ 540. A JVC custa R$ 600. E a mais cara é a da Panasonic, por R$ 840.

Um detalhe importante: como essas são filmadoras mais simples e menos caras, nenhuma delas oferece a possibilidade de gravação em alta resolução.

Conclusão

Contrariando as expectativas do bolso, a escolha do Olhar Digital é o modelo SDR-T51, da Panasonic. Apesar de um pouco mais cara, ela leva vantagens importantes. Primeiro: já vem com 4 GB de memória interna. Pode parecer pouco, mas evita a frustração de não poder gravar na ausência de um cartão de memória. Depois, tem a lente, que oferece o maior zoom. Esse item pesou bastante na decisão, já que quando se fala de filmadora, lente é quase tudo.

A câmera da Samsung oferece uma boa gama de efeitos especiais e se diferencia por trazer o software de gerenciamento de imagem para PCs embutido na máquina. Mas o zoom óptico, de apenas 10x, realmente é um ponto bem fraco. A JVC, por apenas R$ 60,00 a mais, já traz zoom mais potente. 
Página 1/4
<< < 1 2 3 4 > >>
Últimas notícias
Ver todas