Nova tecnologia aumenta velocidade do cabo coaxial para até 10Gbps

A maioria dos serviços de TV por assinatura em todo o mundo ainda utiliza os cabos coaxiais – esses brancos e grossos – para trafegar seus serviços. Para quem assina o pacote TV mais internet, o sinal de banda larga também vem por ali, através do mesmo cabo coaxial. Em tempos de conexões mais velozes, os cabos coaxiais estavam perto do seu limite de velocidade máxima. Estavam.

Quem não sonha com uma conexão mais robusta? Daquelas que entregam mais de 500 megabits por segundo? Até agora, a realização desse sonho exige que a sua operadora leve um cabo de fibra óptica até dentro da sua casa. Mas, agora, uma nova tecnologia promete mexer um pouco com essa história e, quem sabe, deixar o sonho de uma super conexão mais próximo.

A tecnologia em questão é a chamada DOCSIS, sigla em inglês para Interface de Especificação do Tráfego de Dados em Serviços a Cabo. A tecnologia foi desenvolvida por um órgão sem fins lucrativos dos Estados Unidos; a Cable Lab.

A tecnologia DOCSIS chegou em 1998. Foi a partir dela que as operadoras de TV por assinatura também puderam começar a entregar sinal de internet pelo cabo coaxial. Agora, essa tecnologia chegou à sua versão 3.1. Na prática, isso quer dizer que as operadoras de TV por assinatura vão poder oferecer conexões de altíssimas velocidades, usando o mesmo cabo que já está sua casa. Isso é essencial para você assistir filmes em 4K, por exemplo. O mesmo vale para videoconferências em alta definição e até para os games mais complexos e pesados.

Especialistas definem o DOCSIS 3.1 como uma verdadeira revolução para as operadoras a cabo. Nos Estados Unidos, a Comcast, o maior grupo de mídia do mundo, com quase 50 milhões de clientes, será uma das primeiras no mundo a oferecer a nova tecnologia para competir com os serviços de fibra óptica.

Realmente, hoje em dia, é até difícil imaginar o que são 10 gigabits por segundo de conexão. Hoje, com 500 megabits por segundo, por exemplo, é possível baixar um filme em HD em cerca de 15 segundos. Com um gigabit por segundo, você faria o mesmo na metade do tempo. Agora tente imaginar isso 10 vezes mais rápido…

Há informações de que duas grandes operadores de TV a cabo aqui no Brasil já estão prontas para trabalhar com o DOCSIS 3.1. Falta elas habilitarem a tecnologia e, claro, trocar o modem de seus usuários. Isso é tudo que elas precisam fazer para oferecer mais velocidade aos clientes. Ou seja, não há o custo de passar novos cabos ou novas redes. Essa é, para nós, usuários, a grande sacada: com a sobrevida do cabo coaxial, podemos ver aumentar a concorrência. O sonho continua o mesmo: receber serviços melhores, com preços menores. Nos Estados Unidos, os primeiros serviços com a nova tecnologia ainda estão meio caros – mesmo para os padrões de lá: custam 300 dólares por mês… melhor nem imaginar quanto isso poderia custar por aqui; mas, como já é costume no mundo da tecnologia, o tempo joga a nosso favor e deve fazer esses preços baixarem. Pelo menos é o que a gente espera...



RECOMENDADO PARA VOCÊ