Embed Apagar a luz Acender a luz Publicado em 21/08/2011 às 15h45
Copie e cole o código abaixo para compartilhar ou incorporar o vídeo.
<iframe src="http://olhardigital.uol.com.br/embed/o_que_e_e_para_que_serve_um_data_center/20106" frameborder="no" scrolling="no" width="460" height="290"></iframe>
FECHAR

O que é e para que serve um data center?

  • Data center


Marcel Saraiva, gerente de desenvolvimento de mercado da Intel, diz que o mundo do datacenter e do cloud estão "na moda" e os dados que trafegam na internet fugiram do controle: "Qualquer atividade de trabalho no mundo corporativo tem algo relacionado a isso. Por exemplo, o Facebook recebe um upload de quase 2,5 bilhões de fotos por mês. O Youtube tem 12,2 bilhões de vídeos assistidos por mês, número que praticamente dobrou de 2006 para 2007". Onde está armazenado todo esse conteúdo? A resposta é nos data centers.

Neste Data Center, estão alocadas mais de 3 milhões de contas de e-mail. Dá pra imaginar a quantidade de informação que passa por aqui todos os dias? E dá para dizer que o serviço de e-mail é só a ponta do iceberg...

Marcel explica que a Intel estima que, em 2015, mais de 15 bilhões de dispositivos vão estar conectados à internet. Provavelmente vão estar conectados a um Data Center ou a um Cloud Computing. Então, quando você utilizar o telefone, quando tiver uma SmartTV na sua casa ou um GPS que está acessando alguma informação em um servidor, você estará usando esse tipo de serviço.

Mas a tendência agora é a computação na nuvem; ou cloud computing, como você preferir. Neste momento é indispensável que as empresas que oferecem esse tipo de serviço tenham uma infraestrutura bastante flexível para poder atender esse crescimento diário e frenético da demanda por mais e mais espaço virtual.

Felipe Caballero, gerente de Data Center da Locaweb diz: "A nossa infraestrutura ficou um pouco mais enxuta, relacionada a espaço físico. Os servidores comportam muito mais serviços. Utilizamos os 'clusters' com 'storages' de servidores de processamento, o que faz com que tudo isso ocupe menos espaço para atender a mesma quantidade de clientes". 

Aliás, na questão de infraestrutura, a computação na nuvem traz ainda outras vantagens, como a redução do consumo de energia, de espaço e do uso do ar condicionado. Ao mesmo tempo, o serviço oferece muito mais agilidade para atender à necessidade dos clientes.

Claro, como toda nova tecnologia, existe certa resistência para que as empresas tirem seus dados de servidores dedicados e passem tudo para a nuvem. E aí, temos duas coisas acontecendo ao mesmo tempo: demanda por mais máquinas para atender os serviços de computação na nuvem; e ainda mais computadores para atender o crescimento dos servidores dedicados. Ou seja, o mercado de datacenters está pegando fogo!

"A Intel vem fazendo um trabalho junto ao mercado para crescer, tanto do ponto de vista tecnológico e fornecer servidores e dispositivos que permitam ter mais segurança e autenticação de acesso, mas também da padronização aberta de desenvolvimento dessas tecnologias", completa Marcel.

Os novos processadores dedicados para servidores e data centers evoluíram bastante; além de garantir pelo menos 30% mais performance do que a geração anterior, há uma nova tecnologia de segurança, na qual a criptografia dos dados – uma tarefa que consome muito tempo nos servidores – é quase 60% mais rápida.

Marcel completa que, hoje, no Data Center, "trabalhamos com 2 linhas de produtos: Itanium, para processadores em servidores focados em missões críticas, com servidores de alta disponibilidade; e a linha Xeon, com o famoso x86, para trabalhar também a parte de alta disponibilidade e alto desempenho para os Data Centers. Tudo isso sempre buscando eficiência no consumo de energia, ou seja, você poderá ter mais servidores que consomem menos energia, alto desempenho e, agora, o quesito de segurança, também sendo sempre implementado em todos o novos lançamentos".

Quer saber se é a hora de a sua empresa partir para a computação na nuvem? Ou quer entender ainda mais sobre o assunto do momento? Acompanhe a nova série de reportagens especiais sobre Cloud Computing, que estrearemos no site a partir dessa semana, e fique por dentro!

Últimas notícias
Ver todas