Embed Apagar a luz Acender a luz Publicado em 29/04/2012 às 15h45
Copie e cole o código abaixo para compartilhar ou incorporar o vídeo.
<iframe src="http://olhardigital.uol.com.br/embed/open-kinect-novas-formas-de-aplicacao-para-o-console-da-microsoft/25837" frameborder="no" scrolling="no" width="460" height="290"></iframe>
FECHAR

Open Kinect: novas formas de aplicação para o console da Microsoft

  • Kinect
  • Microsoft
  • sensor
  • Xbox


O aparelho é composto por um sensor de profundidade e duas câmeras: uma tradicional, que captura apenas imagens coloridas e outra um pouquinho mais inteligente. Esta segunda câmera é capaz de reconhecer a luz infravermelha projetada pelo sensor. A partir desta leitura, o Kinect realiza um processamento em tempo real que extrai o mapa de profundidade da imagem captada em três dimensões. Essa leitura contínua faz com que qualquer movimento dos jogadores seja interpretado e reproduzido na tela. É assim que qualquer um pode assumir o controle de um "Ogrão" como este...

A questão é que desde o seu lançamento, há pouco mais de um ano e meio, muita gente vem estudando novas formas de aplicação para o Kinect. As possibilidades de uso do aparelho superaram as expectativas da própria Microsoft e essas cabeças pensantes descobriram uma ferramenta muito interessante para criar inúmeras aplicações que vão bem além dos games.

Bruno Gnecco, CEO da Corollarium Tecnologia diz que "até em medicina, onde o médico não pode usar a mão ensanguentada para mexer no equipamento e ver imagens, ele pode fazer simplesmente gestos, que são capturados pelo Kinect e usados para trocar o raio-x ou ressonância magnética que ele está vendo durante a cirurgia".

Recentemente, a equipe de Bruno desenvolveu uma aplicação para a Fundação Osvaldo Cruz. Em uma exposição sobre a vida humana, a aplicação faz com que a mão do visitante se transforme em um feixe de luz. Basta apontar a mão para a parte do corpo que desejar obter mais informações para uma visão em raio-x. A única limitação para as aplicações do Kinect fora do mundo dos games é a imaginação. Como exemplo de controle e interação, além do "Ogro" virtual, foi criado este plano de fundo com uma chuva de folhas. Agora, o desafio é desenvolver uma espécie de vitrine interativa.

Bruno diz para imaginarmos uma pessoa "passando na frente de um espelho, só que esse espelho é a própria câmera e, em cima da cabeça da pessoa, há uma balãozinho de pensamento onde estaria a marca da loja ou até um cachorrinho correndo atrás da pessoa para brincar". Ele explica que, não importa o que imaginarmos, eles conseguirão manipular e interagir essa ideia com as pessoas.

Para provar a versatilidade do Kinect, a Microsoft mostrou também no começo do ano um protótipo de carrinho de supermercado com Kinect que pode contribuir muito na hora das compras. Para saber mais sobre essa novidade acesse os links, que estão acima desse texto. Aproveite e conheça o projeto que permite que você controle o Windows com as mãos. Acredite, ainda há muito por vir... Acesse e fique ligado!
Últimas notícias
Ver todas