Profissionais de TI faturam até R$ 40 mil por mês; saiba como

Já pensou ganhar a bagatela de 150 mil dólares anuais? Quase 40 mil reais por mês! Não é segredo que a área de tecnologia paga bem; nos Estados Unidos é um dos setores com maiores salários. Aqui no Brasil também dá pra ganhar um bom dinheiro no segmento. Mas, há áreas mais quentes que outras no setor. Analistas e pesquisas indicam que se você está a fim de ter um salário acima da média em 2015, uma boa ideia seria se tornar um especialista em Big Data.

Tanto no Brasil, quanto nos Estados Unidos, quem souber lidar com essa quantidade enorme de dados não estruturados que é o Big Data, é quem vai receber os maiores contracheques. Aqui no Brasil, um analista pode chegar a ganhar 15 mil reais por mês, mais bonificações e benefícios – muito fora da curva, mas possível de se alcançar só com tecnologia.

Mas, alcançar valores como esses exige dedicação. O cientista de dados é o profissional mais caro do mercado atualmente. E a ciência de dados não é fácil:  requer pensamento analítico e muita criatividade. O cientista de dados deve ser capaz não só de resolver problemas complexos através de mineração de dados, mas também fazer as perguntas certas para extrair conclusões significativas sobre esses dados.

O engenheiro de dados também pode alcançar salários acima da média. Esta função envolve o uso de matemática aplicada para criar sistemas de banco de dados, sistemas de armazenamento e arquivamento de informações. 

Outro profissional que está com a bola cheia é o programador que trabalha com uma linguagem chamada “Ruby on Rails”. Essa linguagem está em alta justamente porque facilita o trabalho com alguns aspectos do Big Data.

Para resumir. Dá para ganhar bem em tecnologia. Sim. Confira um panorama dos melhores salários pagos na área. 

De acordo com a consultoria Michael Page, especializada no segumento, um gerente sênior de tecnologia em uma empresa de grande porte – multinacionais quase sempre - tem salário entre R$ 20 mil e R$ 25 mil ; um pouco acima, com uma visão um pouco mais ampla do negócio, o diretor de tecnologia ganha entre R$ 30 mil e R$ 35 mil por mês; o topo desta tabela fica com o CIO (ou CTO dependendo da nomenclatura utilizada na empresa) – que é o profissional abaixo apenas da presidência, na área de tecnologia. Mas, há espaço para ilusões. Alcançar salários como esses não é fácil. Quase sempre, preciso ir muito além do conhecimento técnico, além de superar uma concorrência brutal.

A gente já repetiu algumas vezes; a área de tecnologia no Brasil sofre com a falta de profissionais qualificados. Tá certo que não é fácil: as exigências são grandes para conseguir altas remunerações. Se você atua na área – ou se você está em busca de novos talentos, aproveite para conhecer a nova área de empregos do Olhar Digital. São mais de 350 mil currículos de profissionais de tecnologia já cadastrados – o maior banco de dados do segmento no país. Tem também quase duas mil vagas de empregos disponíveis. Você pode cadastrar seu currículo e pesquisar as ofertas de trabalho de graça! Acesse e aproveite!



RECOMENDADO PARA VOCÊ