Embed Apagar a luz Acender a luz Publicado em 31/07/2011 às 15h45
Copie e cole o código abaixo para compartilhar ou incorporar o vídeo.
<iframe src="http://olhardigital.uol.com.br/embed/qual_e_a_melhor_smarttv_comparamos_as_principais_marcas_do_mercado/19676" frameborder="no" scrolling="no" width="460" height="290"></iframe>
FECHAR

Qual é a melhor SmartTV? Comparamos as principais marcas do mercado

  • LG
  • Samsung
  • Smart TV
  • Sony
Vídeos relacionados
Ver todos


Nesse caminho em direção à internet, cada fabricante tem sua própria trilha. Mas, todos se baseiam no mesmo conceito: widgets. Eles são pequenos programas que fazem coisas específicas. No caso desses televisores, os widgets trazem para a tela da sala o conteúdo de sites. E vale tudo, desde textos até vídeos. É claro que, como estamos falando de televisores, os widgets que apostam em vídeos são os que chamam mais a atenção. Então, vamos aos testes! Levamos para a bancada um modelo inteligente da LG, da Sony e da Samsung.

Antes do design, vale dizer que esses 3 modelos usam a tecnologia LED e também oferecem imagens em 3D, com os respectivos óculos. Do ponto de vista da qualidade das imagens, dá para dizer que eles são bem equivalentes. A LG leva ligeira vantagem por conta da tecnologia IPS, característica de seus painéis de LED. Mas, esses itens terão peso menor nesse comparativo, já que estamos interessados principalmente na capacidade dos aparelhos se conectarem à internet.

Então, vamos ao design. E não é que esses retângulos podem ser bem diferentes? Não vamos levar em conta nesse exame o tamanho das telas – já que os fabricantes oferecem vários tamanhos, começando com as 42 polegadas, e indo até as 55. O que nos chamou a atenção é como detalhes podem transformar totalmente o visual dos aparelhos. É claro que gosto não se discute, mas, na nossa opinião, o modelo da Sony é o mais modesto, com um desenho, digamos, mais quadradão. A Samsung tem um padrão que chama a atenção, com esse suporte com quatro pés cromados. Mas, gostamos mesmo do design da LG, que traz uma mistura mais sóbria de metais opacos.

Como estamos analisando esses televisores de olho na capacidade de conexão à internet, não atribuímos notas específicas por conta das entradas e saídas de vídeo e áudio. Até porque, cada vez mais, os aparelhos são equivalentes nesse quesito: todos oferecem várias entradas HDMI, vários slots USB e diferentes possibilidades de entrada de vídeo, como as entradas componente e composta. O que avaliamos para valer foi a conexão com as redes de dados. Porque, é claro, se a ideia é se conectar à internet, é isso que mais importa.

Nesse quesito, as 3 começaram iguais: todas oferecem um slot para conexão a uma rede cabeada, igual aos slots de computador. Mas, a ideia básica desses televisores é que você os conecte a uma rede sem fios, gerada pelo seu roteador. Aí, tudo ficou diferente.

Em último lugar nessa contenda da conexão sem fios, ficou o aparelho da Sony. Para usar a sua rede wi-fi, você precisa comprar um acessório. Detalhe, só esse acessório custa cerca de 200 reais! A LG também decepcionou. Se você pensa em tirar a TV da caixa e conectá-la à rede sem fios, esqueça. Você vai precisar pedir que a fabricante entregue uma antena específica. O consolo é que a LG não cobra nada pelo acessório. Mas, porque será que já não vem junto com o aparelho? Quem se deu melhor foi a Samsung. Dos 3 modelos testados, foi o único que já chega pronto para a conexão à rede wi-fi.

Página 1/198
<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 > >>
Página 1/4
<< < 1 2 3 4 > >>
Últimas notícias
Ver todas