Laboratório Digital: qual é o melhor smartphone do momento?

Testamos o iPhone 5, Galaxy S3, Lumia 920, LG Optimus HD, Motorola Razr HD e o Xperia S. Confira o vencedor!

Antes de mais nada, é preciso que se diga. Caso você escolha qualquer um desses aparelhos, tenha certeza: você não vai se arrepender. Temos aqui alguns dos melhores exemplos do que a mais alta tecnologia pode fazer em termos de smartphones. Então, pode ficar tranquilo, qualquer que seja sua escolha entre eles, você vai ficar satisfeito. Claro: cada um tem pontos fortes e fracos, mas as diferenças são pequenas, e muitas vezes a escolha entre um ou outro vai ter mais a ver com preferências pessoais do que com critérios técnicos. Então, vamos aos testes. Vamos começar pelo que primeiro chama a atenção em qualquer aparelho...

Telas

Quando o negócio é tecnologia de telas, aqui a há para todos os gostos. iPhone 5, Lumia 920, LG Optimus e Xperia S optam pela tecnologia LCD. A única diferença aqui é que o Xperia S é o único que não usa a tecnologia IPS, que confere um desempenho superior aos LCD. O Galaxy S3 e o Motorola se mantêm fiéis à tecnologia Super Amoled. Na prática, e nos nossos testes, isso significou o seguinte: o S3 e o Motorola chamam a atenção pelo contraste. Os tons de preto na tela são profundos e, consequentemente, as outras cores são super vibrantes. São imagens de encher os olhos. Mas, o Super Amoled tem a tendência de “esverdear” ligeiramente as imagens. Nesse sentido, os aparelhos que optaram pelo IPS LCD levaram a melhor. Apesar do contraste não ser tão alto, as cores pareceram mais naturais e mais precisas. Aqui, quem saiu na frente foi o iPhone 5, com a reprodução mais natural de cores entre todos. Mas, vale uma ressalva em favor do Nokia. A tela do aparelho foi a que melhor se adaptou às variações de luz, oferecendo boa visibilidade, mesmo em ambientes super iluminados, com luz do sol, por exemplo. Além disso, o Nokia é o único que permite regular a sensibilidade do toque na tela. Ou seja, dá para usar o aparelho até usando luvas. Se algum aparelho ficou um pouco atrás aqui foi o Xperia. O LCD da Sony foi quem apresentou o desempenho mais fraco em relação a cores e contraste.

Design

Se tem um item em que gosto pessoal é o que importa é esse. Por isso, não estabelecemos notas para o design. Nos limitamos a analisar os fatos, digamos, objetivos ligados a ele, como tamanho de tela e peso do aparelho.

Se tamanho for documento, Galaxy S3 sai na frente, sem dúvida. Sua incrível tela de 4.8 polegadas é a maior de todas. Ele é seguido de perto pelo LG, Motorola e Nokia, que oferecem telas de 4.7 polegadas. Logo depois vem o Xperia S, com 4.3 polegadas e por último o iPhone 5, com suas 4 polegadas. Então se tela grande é seu negócio, o S3 é sua escolha.

É claro que tela maior significa também mais peso. Porém, aqui, novamente, o S3 se dá bem. Apesar do tamanho, o aparelho é super leve, com apenas 133 gramas. O mesmo peso do LG Optimus. Na balança, a disputa ficou assim: o mais leve é o iPhone, com 112 gramas. Em seguida, vêm o S3 e o Optimus da LG, com 133 gramas. Um pouco mais pesado, o Xperia S aparece em seguida, com 144 gramas, seguido de perto pelo Motorola Razr HD, com 146 gramas. Quem chama a atenção pelo peso é o Nokia. Nada menos que 185 gramas. Acredite, esse é realmente um celular de peso. Você nunca vai esquecer que ele está no seu bolso. Se celular leve é sua escolha, o iPhone 5 fica no topo, com o Nokia chegando por último.

Ainda no quesito design, há grandes diferenças nos materiais usados. E, aqui, tudo muda de figura. O Galaxy, o Optimus da LG e o Xperia S da Sony são constantemente criticado por seu corpo plástico. De fato, os outros concorrentes apostam em materiais, digamos, mais nobres. Mas, o plástico usado no Galaxy, no Optimus e no Xperia não decepciona no toque. Ao contrário, os aparelhos são confortáveis no segurar e não transmitem a sensação de acabamento inferior, como alguns podem supor. Isso é verdade especialmente para o Xperia S, que traz um acabamento plástico fosco. Feita a ressalva, é importante notar que os outros aparelhos investiram, sim, em materiais mais nobres no acabamento. O Nokia, por exemplo, traz o corpo em policarbonato, um material super resistente e agradável ao toque. O Motorola seduz com seu acabamento em Kevlar – uma fibra sintética super resistente, que não sofre com riscos e com que oferece um toque super confortável. Sedução também é a palavra para o iPhone 5, com sua combinação de alumínio e vidro. Mas, apesar da beleza, o alumínio do iPhone tem um calcanhar de aquiles: se você não tomar cuidado, ele se risca facilmente.

Câmeras

Quesito mais que disputado! A boa notícia é que todos os aparelhos oferecem resultados ótimos na hora de tirar fotos ou gravar vídeos.

No papel, o Xperia S é quem primeiro chama a atenção. Sua câmera traseira oferece nada menos que 12 megapixels. Mas... nos nossos testes, isso não significou o melhor desempenho. Aliás, para sermos sinceros, ficamos meio desapontados com o resultado dessa câmera: esperávamos mais dos 12 megapixels. Notamos deficiência especialmente em ambientes com menos luz... Aqui, quem se deu bem foi a Nokia. Sua câmera traseira traz 8.7 megapixels, completados pelo sistema Pure View. Para quem não conhece, o Pure View é um sistema de renderização de imagens criado pela Nokia que tenta – e consegue – dar mais qualidade às fotos. Mas, apesar da ligeira vantagem da Nokia, o Galaxy S3 e o iPhone 5 não ficaram muito longe. Na verdade, a vantagem da Nokia ficou mais evidente apenas em ambientes com menos luz. Nos ambientes com luz natural, por exemplo, o S3 foi quem se saiu melhor. Na fotos tiradas em close, o iPhone 5 foi o campeão. Quem ficou por último no quesito fotos foi a Motorola. E já está virando tradição. A Motorola parece não se entender com as câmeras de seus smartphones ultimamente... No quesito foto, a ponta fica com a Nokia, seguida de perto pela Samsung e pela Apple.

Mas, as câmeras servem também para captar vídeos, é claro. Nesse modo de captura houve empate técnico entre praticamente todos os modelos. Todos eles captam imagens em Full HD com a câmera traseira e imagens em 720p com a câmera dianteira.

Esses são aparelhos que fazem de tudo, mas você também pode querer usá-los para fazer e receber ligações... nessa hora, a qualidade do áudio faz diferença.

Vamos começar pelo topo. A melhor experiência de áudio veio do iPhone. Graças a um terceiro microfone que se dedica exclusivamente a cancelar os ruídos, você pode fazer suas ligações mesmo em ambientes barulhentos que do outro lado, a pessoa vai entender bem e, muitas vezes não vai nem notar os ruídos externos. Os outros aparelhos também trazem recursos de cancelamento de ruídos, mas nenhum tão eficiente quanto o Apple. Quem se deu mal nesse quesito foi o LG. A qualidade do áudio da ligação foi a mais fraca. Com sons hora abafados, hora estridentes. Motorola, Samsung, Sony e Nokia todos performaram bem nesse quesito.

Processador e memória

Esse quesito é para quem adora os detalhes técnicos. Mas, é preciso que se diga, aqui, nem sempre o que está no papel significa o que você tem como experiência de uso. S3 e Optimus são os únicos quad-core desse teste. No caso do S3, isso significou estar, quase sempre na primeira posição em termos de performance. Mas... o desempenho é resultado da integração entre processador, memória, chip gráfico e sistema operacional. E aí as coisas se complicam. O iPhone 5 usa o processador A6, desenhado pela própria Apple, que se integra ao iOS 6, sistema operacional da maçã. O resultado é que o iPhone 5 foi o aparelho que mais rapidamente navegou pela internet. A velocidade do browser foi quase 20% superior ao do S3, que ficou em segundo lugar. O mesmo vale para a reprodução de vídeos e renderização de gráficos complexos. A unidade gráfica do iPhone 5 superou todos os concorrentes e sobrou na disputa. Resultado: o Galaxy S3 tem o processador mais rápido entre os testados, mas no desempenho do dia-a-dia, a plataforma da Apple acaba por superar a Samsung na navegação de internet e nos recursos gráficos.

No quesito armazenamento, várias diferenças. Nokia e Sony oferecem 32 giga de memória interna. E só. Apple oferece os já tradicionais 16, 32 ou 64 giga. Aí vem a turma que aceita cartões de memória. Quem chama a atenção é o S3 que oferece os mesmos 16, 32 e 64 giga da Apple e ainda a possibilidade de usar cartões de memória de até 64 giga. Ou seja, dá para chegar até a 128 giga de memória com o S3. Haja espaço! LG e Motorola oferecem esquemas parecidos. Ambos deixam 12 giga de memória interna e podem receber cartões com até 32 giga. Ou seja, com esses dois você chega a no máximo 44 giga. 

Bateria

Nós aqui do Olhar Digital temos uma clara preferência quando o assunto é bateria: gostamos das removíveis. Nesse nosso teste, apenas dois têm bateria removível: LG e Samsung. E o S3 foi quem apresentou a maior duração de bateria quando o assunto é falar ao telefone. No nosso teste, a bateria da Samsung durou aproximadamente dez horas. Mas, quando o assunto mudou para navegar pela internet, a situação mudou de figura. Aí, quem se deu melhor foi o iPhone. Navegando pela Web, o telefone da Apple ficou de pé quase 10 horas. Na hora de assistir vídeos, nova vitória da maçã com quase nove horas de exibição de vídeos em HD de forma ininterrupta. Nesse quesito, quem performou muito bem também foi a Nokia, com a bateria durando quase nove horas para navegação de internet e também para víeos em HD.

Sistema operacional

Aqui, outra batalha. Cada um dos 3 sistemas operacionais tem pontos fortes e fracos. E seria preciso um Laboratório Digital inteiro só dedicado a eles para explorar as diferenças. Fazendo um resumo, dá para dizer que todos eles são sistemas estáveis, rápidos e super eficientes, com interfaces capazes de agradar a todos. O iOS e o Android levam vantagem sobre o Windows 8 no quesito quantidade de aplicativos. Como são mais antigos, suas lojas de aplicativos são muito maiores. Mas, já há milhares de aplicativos também para o Windows Phone. No quesito segurança, o iOS é de longe o vencedor. Até hoje quase não se sabe de vírus capazes de infectar iPhones. O mesmo não se pode dizer do Android. Até por ser uma plataforma aberta, o sistema do Google já é vítima de vários malwares. O Windows Phone ainda não entrou na mira dos bandidos virtuais apenas porque sua participação de mercado é pequena. Ou seja, pode ser apenas questão de tempo. A Apple quebrou a cara com seu sistema de mapas, mas, felizmente para os usuários, o Google Maps já está mais uma vez disponível para os iPhones. O Windows Phone traz a vantagem da plena integração com o pacote Office da Microsoft – o que pode ser importante, especialmente no uso corporativo. O Android é de longe o mais versátil e mais aberto, e acaba se beneficiando de novidades do Google antes dos outros. É o caso, por exemplo, do navegador GPS, que continua melhor no Android que no iOS.

Preço

Hora dolorosa essa. Não tem aparelho barato nessa seleção. Em nossos levantamentos durante o mês de fevereiro de 2013, encontramos os seguintes preços:

Samsung Galaxy S3: por volta de 1.700 reais.

LG Optimus HD: por volta de 1.300 reais.

Motorola Razr HD: por volta de 1.600 reais.

Nokia Lumia 920: 2 mil reais

Sony Xperia S: por volta de 1.100 reais

E, finalmente, o iPhone 5, que tem uma situação curiosa. Todos os preços anteriores são para aparelhos desbloqueados, comprados sem planos de operadoras. Por enquanto, no Brasil, você só consegue comprar o iPhone 5 por meio de uma operadora, com um plano atrelado. Nesse caso, encontramos o aparelho nas principais operadoras por volta de 1.700 reais.

Conclusão

A escolha do Olhar Digital como melhor smartphone vai para.... iPhone 5 e Samsung Galaxy S3! Sim, tivemos um empate nesse Laboratório Digital. Não pela equivalência técnica, mesmo porque ambos são bem diferentes. Mas sim pelo chamado “gosto do freguês”. Se você quer um smartphone compacto, fino, leve, elegante, com ótima duração de bateria para navegar na internet e acessar aplicativos, com alta velocidade de processamento e que tenha uma vasta gama de aplicativos disponíveis, além do sistema operacional mais seguro, então o aparelho ideal é o iPhone 5. Agora, se você quer uma tela maior, com boa duração de bateria para conversação, com câmera fotográfica com regulagem de filtros, um excelente processador, não se incomoda com o acabamento em plástico, e quer uma maior capacidade de armazenamento, podendo chegar a incríveis 128 giga, além de um sistema operacional mais flexível, então, o Galaxy S3 foi feito para você. Depois desse Laboratório, dá para entender porque Apple e Samsung brigam pela liderança mundial do segmento.

Uma menção honrosa precisa ser feita à Nokia. Apesar de pesadão, o Lumia 920 realmente marca a volta da finlandesa ao jogo dos smartphones. O Windows 8 impressiona pela estabilidade e pela rapidez. O que ainda joga contra é a falta de mais aplicativos - o que deve mudar com o passar do tempo - e o preço, que, por enquanto, está meio salgado... bem acima do Galaxy, por exemplo. O Motorola acabou fora da disputa por conta de sua câmera com resultado inferior. O LG foi abatido pela qualidade do áudio. E o Xperia S perdeu ponto pela qualidade da imagem da tela.

E você? Concorda com a escolha do Olhar Digital? Tem algum dos aparelhos testados? Estamos esperando a sua opinião nos comentários!