Vida digital afeta a memória e deixa pessoas mais preguiçosas

Links:
Veja o estudo da Kaspersky

Ela praticamente aposentou o velho e bom dicionário; ou ainda os livros de história. Responda rápido: qual sua primeira fonte de pesquisa quando quer descobrir alguma coisa ou tentar lembrar a resposta de uma pergunta!? Se você respondeu que é a internet, saiba que você faz parte de um terço dos adultos. Se a gente levar em conta que quase 60% da população mundial ainda não tem acesso à rede, nos tornamos praticamente maioria absoluta. Ou seja, todo mundo que tem conexão recorre à internet…

Até aí tudo bem. A internet é uma ferramenta poderosa e nada como tê-la sempre à disposição para nos ajudar. O problema é que, de acordo com um estudo internacional recém-divulgado pela Kaspersky, é cada vez mais comum esquecermos informações que conseguimos acessar em um dispositivo digital ou pela internet. O fenômeno está sendo chamado de Amnésia Digital…né André?!

O estudo mostrou que, ao apresentar uma questão, 57% dos entrevistados tentam sugerir uma resposta sozinhos, mas 36% recorrem imediatamente à internet. Esse pessoal parece não querer perder tempo tentando lembrar de algo que podem descobrir tão fácil e rápido.

Além da preguiça - se assim podemos chamar o que muitos definem como praticidade digital - quase 25% dos entrevistados admite que esquece a informação após utilizá-la. Essa ânsia pela informação rápida, combinada com o esquecimento precoce, tem implicações sobre nossa memória a longo prazo. Psicólogos que acompanharam a pesquisa acreditam que a tendência de procurar informações antes de tentar lembrá-las impede a formação de memórias mais sólidas e duradouras.

A tal Amnésia Digital é, na verdade, um reflexo de uma vida cada vez mais conectada e bombardeada de informações. Hoje, menos pessoas mantém o que pesquisa em dispositivos móveis ou pela internet no cérebro. Essa informação simplesmente se perde…ou melhor, a gente sabe, está lá: online. E você, hein, como se classifica nessa história? Como está sua memória? Conte pra gente e compartilhe sua experiência.



RECOMENDADO PARA VOCÊ