Carro do futuro poderá ser feito com impressão 3D e ter escritório acoplado

Foi-se o tempo em que as principais novidades do Salão do Automóvel estavam focadas no visual e na performance das centenas de carros que são expostos no principal evento do setor no Brasil. A tecnologia chegou pra ficar. E muitas empresas já estão apostando em conectividade e inovação para o futuro.

Exemplo disso é o carro-conceito Traveller iLab, da Peugeot. Esqueça tudo o que você já sabe sobre trabalhar dentro do seu veículo. A ideia da montadora francesa é proporcionar um escritório totalmente funcional sobre rodas. Ou seja, o car-office.

O modelo traz uma super tela touchscreen de 32 polegadas que também pode ser usada como uma mesa de reunião. Tudo é conectado por Wi-Fi que está disponível no próprio veículo. Para completar, é possível carregar notebooks e smartphones utilizando tomadas de carga que estão posicionadas em diversos pontos do carro.

“É importante a gente acompanhar os novos hábitos dos consumidores. E hoje a gente vive em um mundo conectado e a gente precisa oferecer soluções de mobilidade que estejam também conectadas”, afirma Marcus Brier, diretor de comunicação da marca.

Mas, como se trata de um carro-conceito, ele não será comercializado nas lojas e serve apenas como inspiração e exibição do que a montadora planeja para o futuro. A boa notícia é que esse tipo de inovação não deverá demorar tanto tempo para chegar aos veículos mais tradicionais.

Outro modelo de carro-conceito que se destacou bastante foi o Fractal. Com design esportivo, ele impressiona por ter em seu interior diversas partes feitas a partir de impressoras 3D. A tecnologia ainda está engatinhando no setor automotivo, mas promete ser uma importante ferramenta para a produção automotiva do futuro.

Vale lembrar que a fabricação de peças usando impressoras 3D contribui também para reduzir a poluição gerada pela fabricação de veículos. Além de permitir desenhos mais arrojados e modernos para os acessórios.

 



RECOMENDADO PARA VOCÊ