Balão do Google cai em vilarejo e é confundido com disco voador

Mais um balão do Projeto Loon encontrou o chão nesta semana. O equipamento, usado pelo Google para levar internet a regiões mais remotas do mundo, caiu no vilarejo Luisa García, na província de Tolima (Colômbia), no começo desta semana.

Os moradores de Luisa García que viram o artefato cair, porém, pensaram que se tratava de uma nave espacial de outro planeta. "Uma fumaça e um líquido estranho saíam dele", disse uma das testemunhas da queda. "Todos acreditamos que fosse um OVNI ou restos de uma nave espacial."

As autoridades foram chamadas para investigar o caso e confirmaram ao jornal local El Tiempo que não se trata de um objeto extraterrestre. "Não é um satélite como disseram, mas um equipamento tecnológico do Google", disse Jorge Esguera, comandante da polícia de Tolima.

Não é a primeira vez que um balão do Google cai neste ano. Em fevereiro, um dos equipamentos do Projeto Loon caiu em Buriti dos Montes, interior do Piauí. Esses balões têm 15 metros de diâmetro, viajam a quase 18 quilômetros de altitude e fornecem conexões gratuitas de 4G num raio de 80 quilômetros. O projeto em si nasceu no Google, mas hoje é administrado pela X Company, que pertence à Alphabet - mesma dona do Google.





RECOMENDADO PARA VOCÊ