Empresa cria 'câmera voadora' capaz de seguir usuários

A startup Zero Zero Robotics está desenvolvendo um drone portátil capaz de seguir usuários e que pode ser controlado por meio de um aplicativo de smartphone. Chamado de Hover Camera, o drone consegue flutuar no ar na posição em que é largado, e pode ser usado para tirar selfies.

O drone pesa apenas 238 gramas (o que dispensa a necessidade de ser registrado pelas autoridades de regulação de vôo) e pode ser dobrado para ficar do tamanho aproximado de uma fita cassete. Ele possui uma câmera frontal capaz de tirar fotos de 13MP e gravar vídeos em resolução 4K. As hélices do dispositivo ficam dentro de grades de fibra de carbono, de maneira que ele pode ser facilmente segurado.

O drone também possui uma câmera de 3MP virada para baixo, que o auxilia a estabilizar seu vôo para oferecer imagens mais estáveis. Além disso, sua câmera também utiliza estabilização eletrônica de imagem (EIS, na sigla em inglês) para compensar eventuais tremidas do drone. O vídeo abaixo mostra o Hover camera em ação:

O drone também utiliza algoritmos criados pela própria empresa para reconhecer os rostos e os corpos de pessoas captadas por sua câmera. Com esse recurso, ele é capaz de "seguir" uma pessoa, gravando-a continuamente e mantendo o enquadramento, sem que qualquer interação do usuário seja necessária.

Caso o usuário deseje, também é possível controlar o Hover Camera por meio de um aplicativo de smartphone. O dispositivo utiliza um processador Snapdragon 801 com quatro núcleos de 2,3GHz para realizar todas as tarefas de computação necessárias, e consegue aproveitar o vento gerado pelas hélices para se refrigerar. Ele ainda possui 32GB de memória para armazenar as imagens.

De acordo com o Engadget, a Zero Zero Robotics pretende lançar o drone no terceiro trimestre de 2016. Embora a empresa ainda não tenha estabelecido um preço para o dispositivo, eles pretendem manter o valor inferior a US$ 600 (R$ 2.117 na cotação atual).





RECOMENDADO PARA VOCÊ